Internacional

10/2/2013 às 04h37 (Atualizado em 10/2/2013 às 08h06)

Choques na Caxemira indiana após execução de separatista deixam 40 feridos

Entre os feridos há 23 membros das forças de ordem, indicaram fontes policiais

EFE

Manifestantes protestam pelo enforcamento do separatista Mohamed Afzal Guru STR / EFE

Pelo menos 40 pessoas ficaram feridas neste sábado nos enfrentamentos registrados na parte indiana da Caxemira entre a polícia e manifestantes que protestavam pela execução de um separatista, informou hoje a imprensa local.

Os principais distúrbios ocorreram no distrito de Anantnag, na cidade de Baramulla e na capital regional, Srinagar, onde os manifestantes lançaram pedras contra agentes e delegacias, informou a agência "Ians".

Entre os feridos há 23 membros das forças de ordem, indicaram fontes policiais citadas pela "Ians". Após os enfrentamentos, as autoridades decidiram prolongar em pelo menos mais 48 horas o toque de recolher decretado ontem na região, precisou o canal de televisão "NDTV", que ressaltou que a situação continua tensa.

Os distúrbios foram provocados após o enforcamento, nas primeiras horas de ontem, em Nova Délhi, de Mohamed Afzal Guru, que fora condenado à morte por ser cúmplice do ataque ao Parlamento indiano em 2011.

Atribuído ao grupo independentista caxemiriano Jaish-e-Mohammed, o ataque foi perpetrado por cinco terroristas fortemente armados que mataram nove pessoas. Três anos após o ataque, Mohamed Afzal Guru foi condenado por supostamente ter participado de sua preparação, o que ele sempre negou.

A execução coincide com a escalada armada na Caxemira por enfrentamentos fronteiriços entre forças indianas e paquistanesas. Índia e Paquistão disputam a soberania da Caxemira - única região indiana de maioria muçulmana - desde a independência de ambos os países, em 1947, após a partilha do subcontinente indiano por parte de Grã-Bretanha. 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!