Internacional

30/12/2012 às 01h00 (Atualizado em 30/12/2012 às 01h00)

Corpo de indiana morta em estupro volta a Nova Deli após manifestações

Caso gerou protestos de artistas de Bollywood. Suspeitos foram acusados formalmente pela polícia

Do R7

Caso gerou protestos em Nova Déli e Mumbai contra as atuais leis relacionadas a estupro Daniel Berehulak/Getty Images

O corpo da jovem que foi vítima de estupro coletivo promovido por uma gangue em Nova Deli, capital da Índia, voltou do hospital no Cingapura, onde era tratada, na manhã deste domingo (30). O caso gerou protestos e manifestações de artistas de Bollywood, e abriu um raro debate sobre a violência contra as mulheres no país.

 

A estudante de medicina de 23 anos não resistiu aos ferimentos e danos cerebrais do ataque do dia 16 de dezembro e morreu no sábado (29). Ela e seu amigo voltavam para casa depois de uma sessão de cinema quando seis homens armados com bastões de ferro os espancaram e estupraram a garota repetidas vezes. O amigo sobreviveu.

O clamor público acerca do ataque pegou o governo de surpresa. Demorou uma semana para que as autoridades fizessem uma declaração, o que enfureceu a população.

Questões como estupro e mortes ligadas a dote raramente são amplamente debatidas na Índia. A maioria dos crimes sexuais na Índia não é relatada, muitos infratores ficam impunes e as rodas da justiça giram devagar, de acordo com ativistas sociais que dizem que os sucessivos governos têm feito pouco para garantir a segurança das mulheres.

As autoridades preocupadas com a reação a notícia da morte mobilizaram milhares de policiais, fecharam 10 estações de metrô e proibiram a circulação de veículos em algumas das principais estradas no centro de Nova Déli, para onde os manifestantes têm se dirigido desde o ataque, para exigir mais direitos para as mulheres.

Apesar dos esforços para isolar o centro da cidade, mais de mil pessoas se reuniram em dois locais. Em Mumbai, as artistas Jaya Bachchan e Hema Malini, famosas atrizes de Bollywood, a segunda maior indústria cinematográfica do mundo, participam de protesto em Mumbai. Alguns manifestantes gritavam pedindo justiça, outros pediam pena de morte para os estupradores, que foram acusados formalmente de assassinato pela polícia indiana.

Quer ficar bem informado? Leia mais

O que acontece no mundo passa por aqui

 

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Homem das cavernas

Iraniano não toma banho há 60 anos e usa pedaço de cano como cachimbo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Desumano

Menino de 11 anos vive acorrentado como cachorro pela família na China

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!