Estado Islâmico está procurando novos campos de petróleo fora da Síria, diz autoridade dos EUA

Locais incluiriam localidades da Líbia e da Península do Sinai

Estados Unidos estimam que o Estado Islâmico está vendendo até 40 milhões de dólares mensais de petróleo
Estados Unidos estimam que o Estado Islâmico está vendendo até 40 milhões de dólares mensais de petróleo Reprodução/ One India

O Estado Islâmico está buscando possíveis ativos de petróleo vulneráveis na Líbia ou outros lugares fora do reduto do grupo militante na Síria, onde controla cerca de 80 por cento dos campos de petróleo e gás, disse uma autoridade dos Estados Unidos na terça-feira.

A autoridade, que falou a repórteres em Washington sob condição de anonimato, disse que os Estados Unidos estão examinando cuidadosamente quem controlava os campos, oleodutos, rotas de caminhões e outras infraestruturas em locais que podem ser vulneráveis a ataques.

Putin ameaça usar armas nucleares contra o Estado Islâmico

Rebeldes sírios poupam vidas de membros do Estado Islâmico para provar que “muçulmanos não são maus”

Esses locais incluem a Líbia e a Península do Sinai, acrescentou a autoridade.

"Eles estão analisando ativos de petróleo na Líbia e outros lugares. Estaremos preparados", disse.

Os Estados Unidos estimaram que o Estado Islâmico estava vendendo até 40 milhões de dólares mensais de petróleo.

Conheça o R7 Play e assista a todos os programas da Record na íntegra!