• Twitter Created with Sketch.

Estado Islâmico reivindica ataque na Champs-Élysées

EI afirma que ação foi cometida por um de seus soldados, apelidado de 'O Belga'

Da Ansa

EI afirma que ação foi cometida por um de seus soldados, apelidado de 'O Belga'
EI afirma que ação foi cometida por um de seus soldados, apelidado de 'O Belga' REUTERS/Christian Hartmann

O grupo jihadista EI (Estado Islâmico) reivindicou a autoria do ataque desta quinta-feira (20) na avenida Champs-Élysées, em Paris, que deixou um policial morto e dois feridos. Segundo o portal Site, que monitora atividades extremistas na internet, a Amaq, agência oficial do EI, disse que a ação foi cometida por um de seus soldados, Abu Yusuf al Beljiki, apelidado de "O Belga". 

O atirador foi morto, segundo o Ministério do Interior da França. Autoridades afirmaram que ele já tinha antecedentes criminais e estava na lista do serviço de inteligência do país. A polícia emitiu um mandado de prisão contra um segundo suspeito de participar do ataque. 

Tiroteio deixa um policial morto e fecha Champs-Elysees em Paris 

Polícia emite mandado de prisão contra 2º suspeito de participar de ataque em Paris

  • Espalhe por aí:
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log