• Twitter Created with Sketch.

EUA aceitam abastecer em voo aviões franceses no Mali

Os Estados Unidos aceitaram abastecer em voo os aviões franceses que intervêm militarmente no Mali, anunciou no sábado o Pentágono em um comunicado.

Paris havia pedido a Washington que colocasse suas aeronaves abastecedoras à disposição da aviação francesa em missão no Mali, e o secretário de Defesa, Leon Panetta, acaba de responder positivamente a esta solicitação, disse o porta-voz do Pentágono, George Little.

Panetta conversou por telefone com o ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian, sobre as modalidades do apoio americano, com o objetivo de "privar de refúgio no Mali os terroristas" islamitas instalados no norte deste país africano.

Panetta "informou ao ministro Le Drian que o comando militar americano para a África apoiará o exército francês por meio de missões de abastecimento em voo durante as missões no Mali", afirma o comunicado.

Os dois governantes também discutiram os planos de ajuda americanos para o transporte de tropas africanas, especialmente de Chade e de Togo, que participarão na força de intervenção regional no Mali, indicou o porta-voz.

Na sexta-feira, o presidente americano, Barack Obama, havia expressado por telefone seu apoio ao líder francês François Hollande, "que assumiu a liderança dos esforços internacionais para privar os terroristas de um refúgio no Mali".

Além dos aviões C-17, os Estados Unidos fornecem a Paris apoio em inteligência por meio de seus satélites e provavelmente de seus drones.

adm/mdl/dg/cd/ma

  • Espalhe por aí:
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log