Explosão no prédio da Pemex é atribuída a acúmulo de gás

México, 4 fev (EFE).- As autoridades mexicanas atribuíram nesta segunda-feira a um acúmulo de gás a explosão ocorrida na semana passada na sede corporativa da estatal Petróleos Mexicanos (Pemex), que teve o saldo de 37 mortos e mais de 100 feridos. O procurador-geral do país, Jesús Murillo, informou em entrevista coletiva que a explosão no porão do edifício provocou movimentos bruscos na estrutura nos andares superiores, o que causou a maioria das vítimas. EFE ag/pa (foto)