Internacional

22/12/2012 às 15h08 (Atualizado em 22/12/2012 às 16h21)

Funcionário público é repreendido por soltar gases excessivamente no ambiente de trabalho

Uma reclamação formal
detalhando a hora e os dias dos inconvenientes incidentes com cinco páginas foi
enviada ao homem

Do R7

O funcionário foi fotografado em um parque de diversões com a mulher conforme divulgou o site The Smoking Gun Reprodução/thesmokinggun.com

Um funcionário público de 38 anos, do governo federal dos EUA, no dia 10 de dezembro foi formalmente acusado de criar um "intolerável" ambiente de trabalho devido aos seus odorentos e frequentes gases.

A autoridade  governamental SSA (Administração de Seguridade Social, em inglês, Social Security Administration), responsável pelo monitoramento do escritório em que o homem trabalha, o repreendeu formalmente por meio de uma detalhada carta de cinco páginas.

No documento as autoridades afirmam que tal conduta é “imprópria de um agente federal” que cria um ambiente de trabalho "hostil" para os colegas. O texto diz ainda que ninguém no escritório que ajudar o homem devido às suas flatulências.

Festa de adolescentes dá prejuízo de quase R$ 100 mil para família no Reino Unido 

Pai “sem rosto” e mãe sem perna mostram alívio e alegria com filha perfeita

Gata é atacada por crocodilo de 3 m na Austrália

O repugnante homem é morador de Baltimore, no Estado de Maryland, supostamente forneceu evidências de que sofria de "algumas condições médicas" que, às vezes, o deixavam incapaz de trabalhar dias inteiros.

Mas um gerente de SSA observou na carta enviada que "nada do que descrito indicou que você teria flatulência incontrolável". Em seguida, o superior completou: "É minha convicção de que você pode controlar essa condição".

O caso foi publicado recentemente no jornal britânio Daily Mail e no site The Smoking Gun, depois que a carta que repreendeu o homem  começou a circular entre os membros da AFGE (Federação Americana de Funcionários Públicos).

Tal documento chamou atenções pois detalhou os horários, dias e quantidade de vezes em que o incomodo incidente ocorreu nos últimos tempos dentro do escritório.

O texto sugere ainda que o homem se esforce para deixar o ambiente coletivo antes do soltar os venenosos gases. De acordo com a carta da administração, ele deveria condicionar o corpo para que as flatulências sejam emitidas dentro do banheiro, longe dos colegas de trabalho.

O documento ressalta que o homem foi avisado que não adianta ligar o ventilador após os gases, que isto além de não resolver o problema ainda disperça pelo escritório o temível odor.

Quer ficar bem informado? Leia mais

O que acontece no mundo passa por aqui

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Verde-amarelo contagiante

Bandeiras e camisetas do Brasil se espalham pelo mundo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fé proibida

Conheça os países com maiores índices de perseguição religiosa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!