Internacional

24/12/2012 às 15h39 (Atualizado em 24/12/2012 às 15h39)

Homem mata dois bombeiros durante incêndio no estado de Nova York

EFE

(Atualiza com morte de suspeito e declaração do governador). Nova York, 24 dez (EFE).- Pelo menos dois bombeiros morreram e outros dois ficaram feridos durante um tiroteio, no qual também faleceu o suspeito, ocorrido no começo da manhã em uma pequena cidade do norte do estado de Nova York. O incidente ocorreu por volta das 5h30 locais (8h30 de Brasília) em Webster, nos arredores de Rochester, quando um homem armado abriu fogo na frente de um edifício em chamas onde os bombeiros estavam tentando apagar um incêndio, segundo o jornal "Daily News". O suspeito foi encontrado morto fora do edifício, segundo confirmou o chefe da Polícia de Webster, Gerald Pickering, em entrevista ao jornal local "The Rochester Democrat and Chronicle". Um porta-voz do escritório do xerife do condado de Monroe não descartou que no incidente estivesse envolvido um segundo homem armado e por enquanto se desconhece se as autoridades o detiveram. Os dois bombeiros feridos foram transferidos até um hospital próximo em Rochester onde se recuperam satisfatoriamente, segundo detalhou uma porta-voz do centro médico citado pelo mesmo jornal local. O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse após o incidente que agentes da Polícia Estadual e pessoal do Escritório de Gestão de Emergências trabalham com as forças de segurança e autoridades locais para responder ao "horrível tiroteio". "Todas nossas preces vão para os parentes e amigos dos falecidos neste ato de violência sem sentido", declarou Cuomo. Este novo tiroteio acontece depois do massacre perpetrado no último dia 14 de dezembro por Adam Lanza, de 20 anos, que após assassinar sua mãe em casa, se dirigiu armado a uma escola da cidade de Newtown, onde matou 20 crianças e seis professores, antes de suicidar-se. O presidente, Barack Obama, se comprometeu a tentar proibir a venda de armas de assalto e carregadores longos, em um vídeo que responde a um pedido cidadão que reuniu centenas de milhares de assinaturas no site da Casa Branca. Por sua parte, a Associação Nacional do Rifle assegurou neste fim de semana, através de seu vice-presidente, Wayne LaPierre, que as medidas de controle de armas, como a proibição das de assalto, não impedirão massacres como o de Newtown. EFE elr/rsd
  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Verde-amarelo contagiante

Bandeiras e camisetas do Brasil se espalham pelo mundo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fé proibida

Conheça os países com maiores índices de perseguição religiosa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!