Internacional

22/12/2012 às 08h23 (Atualizado em 22/12/2012 às 08h23)

Hugh Grant recebe indenização substancial por escuta telefônica

Grant foi alvo de grampo do tabloide News of The World, do magnata Rupert Murdoch, que teve de ser fechado

02.12.2012/Divulgação/Jeff Overs/BBC/Reuters

O ator britânico Hugh Grant aceitou receber uma quantia substancial do editor do tabloide britânico de Rupert Murdoch devido a uma escuta telefônica ilegal feita pelo extinto jornal News of the World, informou o advogado do ator nesta sexta-feira (21).

A estrela de Quatro casamentos e um funeral, entre outros filmes, doará a indenização à campanha Hacked Off, contra a intromissão da imprensa, disse o procurador Mark Thomson.

— Hoje, Hugh Grant resolveu a questão dos pedidos de indenização e outras reparações legais decorrentes das atividades ilegais de jornalistas do News of the World, entre outros, durante muitos anos.

Segundo Thomson, "o News Group Newspapers (NGN) concordou em pagar a ele uma quantia substancial como forma de indenização".

— [Grant] nos instruiu a doar toda a indenização, mais uma quantia adicional dada por ele, à campanha Hacked Off por uma mídia livre e responsável.

Colégios eleitorais abrem no Egito para 2ª fase do referendo

Thomson disse que as indenizações seriam transferidas à Hacked Off assim que Grant, de 52 anos, receber o pagamento.

— Um comunicado público será feito no próximo ano.

Grant, uma das celebridades vítimas das escutas do News of the World, se tornou um porta-voz dos defensores das reformas na imprensa desde que o magnata da mídia Murdoch foi forçado a fechar o tabloide de 168 anos por causa do escândalo em 2011.

Revelações de que a equipe do jornal teve acesso à caixa de mensagens de uma estudante assassinada, assim como de dezenas de celebridades, políticos e estrelas do esporte, geraram uma onda de críticas.

O escândalo desencadeou uma ação judicial sobre a ética da imprensa e três investigações policiais.

A NGN já pagou indenizações a dezenas de pessoas, incluindo os atores Jude Law e Sienna Miller, o jogador de futebol Ashley Cole e o ex-vice-primeiro-ministro John Prescott.

Quer ficar bem informado? Leia mais

O que acontece no mundo passa por aqui

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Verde-amarelo contagiante

Bandeiras e camisetas do Brasil se espalham pelo mundo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fé proibida

Conheça os países com maiores índices de perseguição religiosa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!