Imagens mostram destruição causada pelo furacão Irma

Irma deixou 40 mortos no Caribe e ao menos 6 na Flórida e na Georgia

Imagens mostram a destruição causada pela passagem do furacão Irma, que inundou várias cidades da Flórida na segunda-feira (11). Os altos ventos deixaram cerca de 5,8 milhões de casas e empresas do Estado sem energia, segundo dados estatais.

Antes da chegada de Irma, cerca de 6,5 milhões de pessoas no sul da Flórida, cerca de um terço da população do Estado, receberam ordens para evacuar suas casas. Cerca de 200 mil foram alojados em abrigos durante a tempestade, de acordo com autoridades federais. 

Em Saint Martin, quase um terço dos edifícios da parte holandesa da ilha caribenha foram destruídos, e mais de 90% deles foram danificados pelo furacão Irma, como informou a Cruz Vermelha da Holanda nesta terça (12).

Devastadas: Ilhas do Caribe tentam se reconstruir após furacão Irma

O presidente francês, Emmanuel Macron, viajou para Saint Martin e prometeu na terça-feira (12) uma reconstrução rápida e exemplar das ilhas do Caribe de Saint Martin e São Bartolomeu, atingidas pelo furacão Irma.

— Cerca de 50 milhões de euros (cerca de R$ 186 milhões) serão investidos e todos os serviços do estado, incluindo os maiores elevadores de ar desde a Segunda Guerra Mundial, estão sendo mobilizados para restaurar uma situação normal "o mais rápido possível".

O presidente ainda afirmou que os serviços públicos estavam trabalhando para restaurar linhas telefônicas, eletricidade, água potável, serviços de saúde e escolas. O Irma matou ao menos 10 pessoas na parte francesa de Saint Martin e na ilha vizinha de São Bartolomeu.

Confira imagens áreas da região: