Internacional

18/4/2013 às 16h27 (Atualizado em 18/4/2013 às 19h35)

Incêndio continua em fábrica no Texas e mais pessoas terão que abandonar casas, diz polícia

Sargento Willian Patrick Swanton declarou que gás da planta industrial ainda é um problema

Os serviços de emergência dos EUA estão em uma corrida contra o tempo na tarde desta quinta-feira (18) em West, Texas, para encontrar eventuais sobreviventes da violenta explosão em uma usina de fertilizantes, que deixou um balanço provisório de entre 5 e 15 mortos e mais de 160 feridos.

Quinze horas após a tragédia, os investigadores e os serviços de emergência trabalhavam sem parar "para encontrar possíveis sobreviventes, pessoas feridas, passando de casa em casa", explicou o sargento Willian Patrick Swanton durante uma coletiva de imprensa.

Segundo o oficial, dois focos de incêndio ainda continuam a devastar as instalações da fábrica na cidade texana.

Testemunha capta explosão no Texas em vídeo

Veja fotos da explosão na fábrica de fertilizantes

A explosão ocorrida na noite de quarta-feira, em um complexo industrial perto da cidade de Waco, foi tão violenta que atingiu muitas casas nas proximidades e sua força provocou um terremoto de 2,1 graus de magnitude, sentido a 80 km de distância, segundo o Centro americano de Geofísica (USGS).

No total, 80 casas, um prédio e um asilo foram destruídos após a explosão.

Além da destruição em si, ainda existe o perigo da fumaça potencialmente tóxica emanada do local, segundo Swanton. De acordo com ele, em função dos ventos, novas evacuações deverão ser realizadas entres os moradores da zona.

Investigação

Pouco após a explosão da fábrica West Fertilizer, o porta-voz dos bombeiros, Don Yeager, disse que a origem do incêndio ainda não foi determinada, mas que poderia estar relacionada à presença de amoníaco.

Aparentemente provocada por um incêndio de origem ainda desconhecida, a explosão provocou uma bola de fogo de quase 30 metros de comprimento, que depois virou uma nuvem em forma de cogumelo, segundo testemunhas.

"Foi como se uma bomba nuclear tivesse explodido", declarou à CNN Tommy Muska, prefeito de West, cidade de 2.500 habitantes.

As autoridades não descartam hipótese alguma na investigação.

"Não podemos dizer que se trata de um crime, mas não sabemos de nada ainda. O que significa dizer que sabemos apenas que foi um acidente industrial, trabalhamos como se fosse um crime", declarou Swanton.

Vítimas

O registro de vítimas é "estimado no momento em entre 5 e 15 mortos", anunciou esta manhã o sargento Swanton, porta-voz da polícia, que explicou que os números podem mudar com o passar das horas.

Ele também informou que mais de 160 pessoas receberam atendimento nos três hospitais da região por ferimentos de diversos tipos.

Durante a madrugada, o canal local KWTX e uma fonte de um hospital de Waco haviam informado que o número de mortes poderia chegar a entre 60 e 70 pessoas. Ambos citaram o diretor do serviço de emergência de West, George Smith.

Questionado sobre esse balanço, D. L. Wilson, porta-voz da Segurança Pública do Texas, respondeu que não podia confirmar nem desmentir.

Mensagens

O presidente Barack Obama transmitiu suas "preces à população de West (...) uma cidade querida nos corações de muitos texanos".

O papa Francisco enviou uma mensagem por Twitter para pedir a seus seguidores que se unam a ele em oração pelas vítimas da explosão na fábrica de fertilizantes do Texas, nos Estados Unidos.

"Por favor, me acompanhem na oração pelas vítimas da explosão no Texas e seus familiares", escreveu o Papa a seus mais de 5 milhões de seguidores.

Cerca de 75% da população de West é de origem tcheca, e o embaixador da República Tcheca em Washington, Petr Gandalovic, deverá visitar o local da tragédia, segundo o Ministério da Relações Exteriores de Praga.

A tragédia aconteceu dois dias depois do atentado cometido na linha de chegada da Maratona de Boston, que deixou três mortos e mais de 180 feridos.

Sexta-feira, 19 de abril, também marca o 20º aniversário do fim do cerco a uma seita em Waco, que terminou com 76 pessoas mortas. E este dia é também o aniversário do atentado de Oklahoma City, quando um simpatizante do Movimento das Milícias, uma organização de extrema-direita, matou 168 pessoas com explosivos em um edifício do governo federal em 1995.

Metade da cidade em que fábrica explodiu é esvaziada

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Verde-amarelo contagiante

Bandeiras e camisetas do Brasil se espalham pelo mundo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fé proibida

Conheça os países com maiores índices de perseguição religiosa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!