Internacional

15/5/2013 às 07h11 (Atualizado em 15/5/2013 às 07h33)

Médico condenado por matar bebês com tesoura cumprirá prisão perpétua

As pacientes de Gosnell eram, em sua maioria, imigrantes e pobres

EFE

Gosnell realizava abortos tardios e, quando os bebês eram retirados com vida, o médico cortava suas colunas dorsais com uma tesoura AP Photo/Philadelphia Police Department via Philadelphia District Attorney's Office

O médico Kermit Gosnell, condenado nos Estados Unidos por assassinar três bebês cortando seus corpos com tesoura após seu nascimento em um clínica da Filadélfia, não apresentou uma apelação nesta terça-feira (14) e evitou assim a pena de morte e foi sentenciado imediatamente à prisão perpétua.

O promotor do distrito da Filadélfia, Seth Williams, explicou em comunicado que Gosnell "aceitou prescindir de todos seus direitos de apelação e uma sentença de prisão perpétua sem possibilidade de liberdade condicional em vez da pena de morte".

Gosnell, de 72 anos, tinha sido condenado na segunda-feira (13) por três acusações de assassinato em primeiro grau pelos abortos realizados em seu centro médico.

Mulheres reproduzem frases ditas por homens que as estupraram

O médico realizava abortos tardios em um estado onde o limite é de 24 semanas de gestação e, quando os bebês eram retirados com vida, o médico cortava suas colunas dorsais com uma tesoura.

No mesmo julgamento, Gosnell foi absolvido do homicídio culposo de uma mulher submetida a aborto que morreu devido a uma overdose de anestesia.

Drama em família: filha do sequestrador de Cleveland quer pena de morte para o pai

A clínica Women's Medical Society esteve operacional entre 1979 e 2010, quando foi fechada por causa de uma queixa relacionada com a prescrição ilegal de narcóticos e as autoridades descobriram o tipo de operações realizadas em seu interior.

A investigação revelou que as pacientes de Gosnell, a maioria imigrantes e pobres, pagavam cerca de US$ 300 por abortos realizados durante o primeiro trimestre de gravidez e entre US$ 1,6 mil e US$ 3 mil por interrupções ilegais da gravidez após a 24ª semana de gestação. 

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Homem das cavernas

Iraniano não toma banho há 60 anos e usa pedaço de cano como cachimbo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Desumano

Menino de 11 anos vive acorrentado como cachorro pela família na China

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!