• Twitter Created with Sketch.

Morre estudante dos EUA que havia sido preso na Coreia do Norte

Jovem, que foi mantido no país por 17 meses, possuía uma severa lesão cerebral

Do R7, com agências internacionais

Otto Warmbier ficou preso por 17 meses na Coreia do Norte
Otto Warmbier ficou preso por 17 meses na Coreia do Norte REUTERS/Kyodo

O estudante norte-americano Otto Warmbier, que havia sido preso na Coreia do Norte e libertado na última semana, morreu em um hospital de Ohio, informou a família do jovem.

Warmbier, que ficou preso por 17 meses, possuía uma severa lesão cerebral e estava em estado vegetativo.

Até a semana passada, ele estava estável, mas “não mostra sinais de entender linguagem, responder a comandos verbais ou consciência de seu entorno”, disse Daniel Kanter, diretor médico de neurociência da unidade de tratamento intensivo da Universidade de Cincinnati.

Londres: líder de mesquita protegeu suspeito de atropelamento enquanto multidão queria atacá-lo

Quem é Darren Osborne, suspeito de atacar mesquita em Londres

“Ele não falou”, disse Kanter em entrevista coletiva. “Ele não se engajou em quaisquer movimentos propositais ou comportamentos”. Ele disse que Warmbier está respirando sem ajuda de aparelhos.

Warmbier, de Wyoming, Ohio, está em coma desde março de 2016, pouco após ser sentenciado a 15 anos de trabalho forçado na Coreia do Norte, informou sua família na terça-feira.

Ele foi preso por tentar roubar um item com um slogan de propaganda, relatou a mídia norte-coreana. Ele estava visitando a Coreia do Norte com um grupo turístico.

A Coreia do Norte informou ter libertado Warmbier “por motivos humanitários”.

O pai do aluno da Universidade da Virgínia Fred Warmbier disse em entrevista coletiva anteriormente que seu filho havia sido “brutalizado e aterrorizado” pelo governo da Coreia do Norte.

Ele disse que a família não acredita na versão da Coreia do Norte de que o estudante tivesse entrado em coma após contrair botulismo e receber uma pílula para dormir.

Médicos disseram que não havia sinais de botulismo no sistema de Warmbier.

Kanter disse que Warmbier sofreu “extensa perda de tecido cerebral em todas as regiões do cérebro”, mas se negou a discutir o prognóstico de Warmbier a pedido da família.

  • Espalhe por aí:
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log