R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

29 de Julho de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

publicado em 16/04/2011 às 08h57:

“Rainha Rania está acima desta baixaria”,
diz embaixador da Jordânia no Brasil

Jornalista brasileiro que chamou rainha do país de “piranha” teve de pedir desculpas

Christina Lemos, colunista do R7


Publicidade

O embaixador da Jordânia no Brasil, Ramez Goussous, voltou a criticar nesta sexta-feira (15) a atitude do jornalista Caio Blinder, do programa Manhattan Connection, da GloboNews, que chamou a rainha Rania de "piranha". O diplomata deixou claro que espera retratação formal para encaminhar ao governo de seu país.

Deixe seu comentário no blog da Chris Lemos

- A atitude revela uma ruptura com o código de conduta da profissão que jamais vi em mais de 30 anos de diplomacia.

Perguntado se a rainha Rania aceitaria o pedido de desculpas do jornalista, Goussous afirmou.

- Nossa rainha está acima deste tipo de baixaria. Nós não falamos esta língua. Respeitamos e apreciamos muito as relações cordiais entre os nossos países.

O embaixador considera que a retratação pública já feita pelo jornalista está "na direção correta, mas ainda é insuficiente para corrigir o dano". Na tarde desta sexta, o Itamaraty confirmou por telefone a Goussous que enviará na semana que vem uma nota verbal à embaixada com um pedido de desculpas formal de Blinder e do editor do programa, Lucas Mendes.

A ofensa

Na edição de 3 de março do programa Manhattan Connection, da Globonews, o jornalista Caio Blinder, em conversa com o colega Lucas Mendes, chama a rainha Rania, da Jordânia, de “piranha”. Blinder repete a expressão mais de uma vez e generaliza o tratamento para outras primeiras-damas do mundo árabe.

- Politicamente, ela [Rania] e as outras piranhas são intragáveis. Todas elas têm uma fachada de modernização desses regimes – ou seja, não querem parecer que são realeza parasita e nem mulher muçulmana submissa. Isso é para vender para o Ocidente, enquanto os maridos estão lá, batendo e roubando.

Durante a edição seguinte do programa, no domingo passado (10), Blinder e Mendes apresentaram pedido de desculpas, depois da dura reação do público, principalmente pela internet. Mais recentemente, Blinder declarou.

- Não me refiro às mulheres como piranhas, sejam elas árabes, judias, esquimós... E não é uma questão política. Aliás, eu faço críticas políticas, não a pessoas. Eu errei e estou pedindo desculpas.


Veja Relacionados:  rainha rania, jordânia
rainha rania  jordânia 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping