R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

23 de Setembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

publicado em 14/10/2010 às 16h31:

Afegã que teve o nariz cortado tem face reconstruída

Aisha ficou mundialmente conhecida por mostrar seu drama na capa da revista Time

Do R7

Publicidade

A jovem afegã que ficou mundialmente conhecida por ter o nariz cortado pelo marido no Afeganistão mostrou, nesta semana, sua face reconstruída. Ela passou por uma cirurgia plástica nos Estados Unidos.

O drama de Aisha foi estampado na capa da revista Time (foto ao lado). Ela contou à publicação americana que foi seu marido quem lhe cortou o nariz, com a ajuda de familiares. Eles tiveram o apoio de um líder do grupo fundamentalista muçulmano Taleban.

Segundo reportagem do jornal espanhol El País, a jovem de 18 anos foi levada ao Estado americano da Califórnia para ter a face reconstruída, com o apoio financeiro da Fundação Grossman Burn. O instituto luta pelo fim da violência contra as mulheres.

Aisha apareceu em público nesta semana, durante a entrega de um prêmio entregue pela fundação.

A face mutilada de Aisha ilustrou a reportagem da Time que tinha como título: “O que poderia ocorrer se deixássemos o Afeganistão”.

O texto mostrou os perigos da volta do Taleban ao poder no Afeganistão. O grupo ultra-fundamentalista governou o país até a ocupação americana em 2001, quando foi derrubado pelos americanos.

Durante o governo do Taleban vigorou no país uma versão ainda mais radical da sharia, a lei islâmica, que pune com a morte mulheres acusadas de adultério, por exemplo. Nesse tempo, as afegãs eram obrigadas a se cobrir da cabeça aos pés com a burca e não tinham direitos mínimos, como o de ir à escola.


 
Veja Relacionados:  afegã, nariz
afegã  nariz 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping