R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

publicado em 25/03/2011 às 12h00:

Ataque contra manifestantes deixa
vários mortos no sul da Síria, diz agência

População está de luto na cidade de Deraa e violentos protestos continuam na capital

Do R7, com agências internacionais


Publicidade

Várias pessoas morreram nesta sexta-feira (25) em um ataque contra uma manifestação na cidade de Deraa, sul da Síria, informou um ativista dos direitos humanos à agência de notícias France Presse.

- Vários manifestantes perderam a vida nos disparos em Sanamein, quando seguiam para Deraa.

Segundo a France Presse, não foi possível confirmar a informação com fontes independentes ou médicas.

Sanamein fica 40 km ao norte de Deraa, onde milhares de pessoas participaram hoje do enterro de várias vítimas dos últimos protestos políticos, em um ambiente de tensão, mas sem a presença da polícia.

A cerca de 100 km a sul da capital Damasco, Deraa foi palco nos últimos dias de duros enfrentamentos entre manifestantes de oposição e forças policiais, com dezenas de civis mortos, a maioria deles pela violência que se suscitou nesta quarta-feira (23).

Ativista diz que 34 morreram nos últimos dias

Wissam Tarif, diretor-executivo da organização de direitos humanos Insan, disse à rede americana CNN que pelo menos 34 pessoas foram mortas em Daraa nos últimos dois dias. Outros ativistas acreditam que foram muitos mais mortos.

Tarif relatou que até 20 mil pessoas acompanharam o cortejo fúnebre para aqueles que morreram na violência, incluindo um soldado recrutado, que foi baleado e ferido, porque se recusou a atirar nos manifestantes.

As forças de segurança estavam mobilizadas nos arredores da localidade e interrogavam quem tentava entrar, mas em Deraa não se via presença de policiais nem de tropas do Exército, tal como constatou a agência de notícias EFE.

A manifestação desta sexta-feira, que ocorria num ambiente de relativa calma, começou depois das tradicionais orações do meio-dia de sexta-feira, celebração religiosa de praxe no mundo muçulmano.

Depois do ato, começou uma procissão com os caixões de três das vítimas dos últimos dias, enquanto os participantes, alguns deles levando cartazes pedindo o fim do estado de emergência, gritavam palavras de ordem contra a corrupção.

Manifestantes enfrentam forças policiais na capital

Enquanto isso, em Damasco, que em dias passados também foi palco de protestos públicos parecidos, embora sem mortos, dezenas de manifestantes enfrentaram forças policiais. Segundo a rede árabe Al Jazeera, os choques ocorreram durante uma manifestação para pedir a libertação dos presos dos últimos protestos e em solidariedade às vítimas de Deraa.

De acordo com a rede Al Arabiya, dezenas de pessoas foram presas em Damasco por causa desses protestos, que estão sendo mais violentas que as manifestações em Deraa.

Veja Relacionados:  Síria, ataques, mortes, Deraa, protestos
Síria  ataques  mortes  Deraa  protestos 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping