R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

publicado em 18/07/2010 às 08h30:

Blogueira cubana recorre a Lula para vir ao Brasil

Crítica do regime, Yoani Sanchez quer ver estreia de filme em que é personagem principal

Paula Resende, do R7

Publicidade

Uma viagem a Jequié, cidadezinha no interior da Bahia, nunca envolveu esforços de tanta gente. A lista inclui internautas, cineastas, senadores, diplomatas e até o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O foco de tanta atenção não é exatamente o local, mas a viajante: a blogueira cubana Yoani Sánchez, grande crítica do governo comunista e reconhecida internacionalmente por trabalho à frente do blog Generación Y.

Em sua segunda tentativa de vir ao Brasil - dentre muitas outras para viajar fora do país - Yoani resolveu pedir a ajuda direta de Lula, que tem uma relação íntima com o líder cubano Fidel Castro e seu irmão, atual presidente de Cuba, Raúl Castro. A estratégia foi enviar uma carta ao presidente brasileiro, datada de 14 de março.

Um dos apoiadores de sua viagem, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP), também se encarregou de enviar outra carta no dia 7 de julho, desta vez ao ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, pedindo que ele intercedesse junto ao governo cubano. Tudo protocolado e registrado em cartório, como manda o figurino burocrático.

O convite de ir a Jequié veio do baiano Dado Galvão, que exibirá pela primeira vez o documentário Conexão Cuba Honduras no final de julho. O filme tem como personagem principal a blogueira, além das mulheres do movimento Damas de Branco, mulheres de dissidentes políticos cubanos. O documentário relata também a falta de liberdade de expressão em Honduras.

O que torna a viagem de Yoani tão complicada é a dificuldade burocrática enfrentada por todos os cubanos para fazer viagens internacionais. O pedido, na maioria das vezes, é negado pelo governo comunista, especialmente para pessoas combativas ao governo, caso da blogueira.

Veja trecho do documentário com Yoani Sánchez, cedido com exclusividade ao R7 por Dado Galvão:

 

 

 

Blogueira mantém esperança de vir ao Brasil

Por telefone, Yoani Sánchez falou ao R7 sobre o seu otimismo de que algo esteja acontecendo nos bastidores políticos entre Brasil e Cuba.

- Penso, na minha ilusão, que o presidente Lula pode estar fazendo algo por vias diplomáticas. Não quero interpretar a falta resposta até agora como se não tivesse se ocupado do assunto.

A cubana disse estar na metade dos trâmites para sua viagem e acredita que receberá uma resposta nas próximas duas semanas. Na primeira tentativa de vir ao Brasil ano passado, Yoani já contava com o apoio do senador Suplicy, “um promotor incrível” em suas palavras, para participar do lançamento do seu livro De Cuba com Carinho.

Suplicy afirma que a carta destinada a Lula foi entregue, em mãos, ao chefe de gabinete da presidência, Gilberto Carvalho. Ele também contou que conversou com o embaixador de Cuba no Brasil, Carlos Zamora Rodriguez, antes de sua viagem à ilha na semana de 4 a 11 de julho. Uma reunião sobre o assunto será marcada em breve entre o senador e o diplomata.

- Se Yoani Sánchez vier ao Brasil será uma mensagem positiva enviada por Cuba e Brasil, além de poder colaborar num possível fim do embargo econômico à ilha [imposto pelos Estados Unidos em 1962].

A reportagem entrou em contato com as assessorias de imprensa do gabinete e do Itamaraty, questionando sobre uma repercussão ou resposta ao pedido, mas não obteve resposta.

Documentário quer ser “provocador” da viagem

O documentarista Dado Galvão apostou, desde o começo, que o resultado de suas filmagens em Cuba e Honduras, com baixíssimo orçamento e uma câmera emprestada, poderia render frutos e trazer a famosa Yoani Sánchez pela primeira vez ao país.

- Este será o fato mais importante de todo o documentário.

O provocador de toda mobilização disse ao R7 que o projeto, mesmo finalizado, continua em construção para acompanhar desfecho desta história e incluí-lo no filme – sendo ele feliz ou não. Para Galvão, caso Yoani consiga autorização de viagem, o episódio marcará uma transformação importante de cunho social e diplomático em Cuba.

- Olha só o poder que uma câmera pode ter.

Galvão marcou a inauguração do documentário para próximo dia 23 de julho, em Jequié, mas está disposto a modificar a data para receber Yoani, mesmo “atrasada”, como convidada especial.

Veja Relacionados:  Yoani Sanchez, blogueira, Lula, Brasil, Cuba, viagem
Yoani Sanchez  blogueira  Lula  Brasil  Cuba  viagem 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping