R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

Arte/R7
publicado em 02/03/2010 às 12h37:

Chile envia 14 mil militares para área da tragédia

Presidente diz que não vai aceitar saques como os que têm ocorrido após terremoto

AFP

A presidente Michelle Bachelet informou que nesta terça-feira (2) deslocará 14 mil militares nas áreas mais críticas após o terremoto do último sábado. Eles ficarão responsáveis pela distribuição de ajuda e a prevenção de saques.

O número dobra o anunciado na véspera por Bachelet, que havia prometido nesta segunda-feira enviar 7.000 soldados para essas regiões.

Em referência às áreas mais afetadas pelo terremoto, que deixou até agora 723 mortos, Bachelet afirmou:

- Em virtude do estado de exceção da catástrofe, entre os últimos dois dias e o dia de hoje, o Exército tem 11.850 homens e a Marinha 2.131 nas regiões de Maule e Biobío.

A presidente destacou ainda que o governo não permitirá os saques.

- Entendemos as angústias urgentes das pessoas, mas sabemos que há ações delituosas, e isto não vamos aceitar. Não é aceitável que os bombeiros tenham sido obrigados a desviar seus recursos para atender, na segunda-feira, um incêndio provocado na cidade de Concepción, nem que as pessoas tenham que organizar mecanismos de autodefesa para cuidar do pouco que restou após o terremoto.

Desde domingo, várias localidades foram cenários de saques e ações violentas, enquanto os habitantes se queixam da falta de ajuda humanitária.

A onda de saques levou o governo a decretar um toque de recolher em regiões afetadas pelo tremor, como a cidade de Concepción, a segunda maior do país.

 
Veja Relacionados:  chile, bachelet, terremoto, militares, saques
chile  bachelet  terremoto  militares  saques 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping