R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

26 de Novembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

publicado em 22/09/2012 às 10h39:

Cúpula dos rebeldes sírios se transfere da Turquia para a Síria

Direção do ELS quer realizar suas operações com maior liberdade, diz subcomandante-chefe

EFE

Publicidade

A direção do rebelde Exército Livre Sírio (ELS) começou a transferir-se da Turquia para o interior da Síria, onde deve estabelecer seu centro de comando para realizar suas operações com maior liberdade, disse neste sábado à Agência Efe o subcomandante-chefe dessa formação, Malek Kurdi.

Em uma conversa pelo telefone, Kurdi explicou que desde ontem, sexta-feira (21), a cúpula insurgente iniciou sua mudança à Síria "já que na Turquia tinha os movimentos limitados e também por respeito às autoridades turcas". Em território sírio já se encontra o comandante-chefe do ELS, Riad al Assad, acompanhado de outros altos comandantes, assegurou Kurdi, que disse esperar unir-se a eles neste domingo.

Esta decisão "busca aumentar o apoio moral aos combatentes que estão lutando no terreno e minar a moral das forças do regime", destacou o "número dois" do ELS.

Em sua opinião, a mudança foi possível pelo fato de que os insurgentes "libertaram amplas áreas da Síria" - sobretudo algumas fronteiriças - que se encontravam sob o controle do regime de Damasco.

Kurdi ressaltou que os altos comandantes do ELS se deslocavam há muito tempo semanalmente entre Turquia e Síria para inspecionar o terreno, e que agora terão "uma liberdade total para atuar sem as restrições das leis turcas". Nos últimos meses se evidenciaram divergências entre as duas principais seções do ELS, a que estava no interior da Síria e a que - dirigida pelo coronel Riad al Assad - se encontrava no exterior, concretamente na Turquia.

Vários grupos rebeldes, entre eles a seção do ELS dentro do país, anunciaram no último dia 6 de setembro a formação do denominado Exército Nacional Sírio (ENS) para unificar a luta armada, uma iniciativa sobre a qual Riad al Assad mostrou reservas.

Kurdi argumentou que "não existe uma direção interna ou externa" no Exército Livre Sírio e, em relação às possíveis diferenças, garantiu que reforçarão seus contatos com as brigadas de combatentes que lutam no interior contra as forças do presidente sírio, Bashar al Assad.

 
Veja Relacionados:  cúpula; turquia; síria
cúpula; turquia; síria 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping