R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

18 de Dezembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

publicado em 25/11/2010 às 06h01:

Dia de Ação de Graças é festa patriótica nos EUA

Tradução brasileira dá um falso ar cristão ao principal feriado americano

Osmar Freitas Jr., do R7 em Nova York


Publicidade

O maior feriado dos Estados Unidos é o chamado "Thanksgiving Day". O significado dessa data é um tanto nebuloso para quem não mora no país. No Brasil, por exemplo, chama-se a festividade de “Dia de Ação de Graças”. Uma tradução, diga-se, muito capenga. Com ela fica a impressão errada de tratar-se da comemoração cristã que leva esse nome. Enquanto, para os americanos, a última quinta-feira de novembro - quando o feriado ocorre - tem caráter universal.

Relembre filmes que retratam a data

Melhor seria adotar a tradução laica: “Dia do Agradecimento Nacional”. Afinal, trata-se de feriado nacional, com certo sentido patriótico. Assim, budistas, muçulmanos, judeus, cristãos e fiéis de qualquer religião celebram com o mesmo entusiasmo a data nos EUA. Ela evoca um histórico menu especialmente preparado, em 1621, para comemorar a colheita, e compartilhado por pioneiros colonizadores com índios da Nova Inglaterra- mais especificamente em Plymouth, no Estado de Massachusetts.

Esse almoço glorificado só aconteceu porque os índios ensinaram aos europeus recém-chegados um truque para o plantio nas terras do Novo Mundo. Para garantir que a semeadura vingasse em um solo pobre, os nativos colocavam um pedaço de peixe na cova que recebera as sementes. Tinha-se, então, um grande adubo. E foi para dar graças à safra boa que os dois povos se uniram, partilhando os alimentos.

O fato histórico teria se perdido no tempo, não fosse o presidente Abraham Lincoln (1861-1865) oficializar a festa em 1863, como forma de tentar a união das populações do sul e do norte do país, que andavam às turras. Outro presidente, Franklin Delano Roosevelt (1933-1945), fixou a última quinta-feira de novembro como a data certa para o acontecimento. Foi depois disso que a moda pegou para valer.

Imigrantes adaptam peru ao próprio paladar

Hoje em dia, até mesmo os imigrantes que nunca haviam ouvido falar no Thanksgiving Day também assam perus, o prato principal do cardápio na data. Alguns, é verdade, adaptaram a mesa para seus paladares. Os brasileiros, por exemplo, acharam na culinária de seu país alguns substitutos para a tradição americana. Caso da paulistana Andréia Barbosa, de 54 anos, moradora de Nova York desde 1987.

- Na minha casa, em vez do bolo de milho que acompanha os pratos, eu prefiro fazer broa de milho no estilo mineiro. 

A mesma criatividade foi adotada por Andréia no caso do recheio do peru. A tradição manda que o bicho receba uma mistura de castanhas portuguesas, caule de erva doce e miolo de pão de forma. Tudo isso picado, misturado a uma massa bem regada a caldo de galinha e temperada com sal, pouca pimenta do reino, salsão, cheiro verde e cebolinha.

Mas a paulistana trocou esse recheio pela farofa, com farinha de mandioca torrada, toucinho, ovo cozido, cebola e tempero.

- Faço a farofa com ameixas pretas. Uso a calda da fruta em conserva para deixar a farinha bem molhada. Os convidados americanos adoram. Mas eu também preparo separado o recheio típico do peru: só para não decepcionar os tradicionalistas.

Andréia incluiu ainda, no menu, um arroz com milho. É para acompanhamento da farofa. Fora isso, cumpre o escrito do cardápio, com cebolinhas no creme de leite, vagem cozida e refogada, purê de batata doce com cobertura de marshmallow, cerejas em calda e, claro, o peru. Índios e colonizadores, na versão original, não passaram tão bem.

Veja Relacionados:  thanksgiving, dia de acao de gracas, eua, feriado
thanksgiving  dia de acao de gracas  eua  feriado 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping