R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

R7
publicado em 01/03/2010 às 03h02:

Governo convoca Exército para conter saques

Número de mortos no terremoto passa de 708 para 711

Reuters

O Governo do Chile enviou neste domingo (28) 10.000 soldados do Exército para as regiões de Maule e Biobio, com a missão de conter os saques aos supermercados após o terremoto que atingiu o país na madrugada do último sábado (27).

Um novo número de mortos foi divulgado no fim da noite deste domingo. Passou de 708 para 711. As autoridades do país informaram que novos corpos devem ser encontrados com o avanço das equipes de resgate a regiões ainda não alcançadas.

Um desses lugares é a aldeia de pescadores Dichato, que fica próximo ao epicentro do terremoto. Testemunhas informam que o local, com cerca de 7.000 habitantes, foi totalmente devastada por ondas gigantes.    

- Mais de 75% da aldeia foi destruída, está em ruínas, relatou David Merino, que mora na área devastada.

A presidente Michelle Bachelet decretou neste domingo o "estado de exceção de catástrofe" para as zonas de Maule e Biobio, por 30 dias, para "garantir a ordem pública e acelerar a entrega de ajuda".

Bachelet também determinou a distribuição gratuita de alimentos e gêneros de primeira necessidade à população nas zonas devastadas, onde tem ocorrido saques a supermercados.

A polícia agiu neste domingo para evitar saques em Concepción, incluindo ao supermercado Líder, em pleno centro da cidade. A TV estatal exibiu imagens de policiais utilizando jatos d'água para dispersar centenas de pessoas que tentavam saquear o supermercado.

Em Concepción, o comércio não funciona desde o terremoto, e a população começa a sentir os efeitos do desabastecimento de água e alimentos. Segundo a prefeita da cidade, Jacqueline Van Rysselberghe, "se não conseguirmos resolver hoje (domingo) o problema da comida, teremos uma situação muito complicada".

Veja Relacionados:  chile, terremoto
chile  terremoto 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping