R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

publicado em 10/06/2011 às 20h21:

Governo turco trava batalha virtual
contra hackers às vésperas da eleição

Grupo de hackers atacou páginas do governo em protesto contra "censura na internet"

EFE


Publicidade

A menos de dois dias para as eleições gerais na Turquia, o governo do presidente turco Recep Tayyip Erdogan trava uma batalha virtual contra o grupo de hackers Anonymous, que o acusam de “censurar a internet”.

Com a eleição programada para daqui a três dias, o acesso ao site da autoridade das telecomunicações da Turquia, identificado como principal alvo do protesto contra um sistema de filtros na internet, foi bloqueado após sucessivos ataques do grupo.

Em um comunicado divulgado no site oficial do grupo de ativistas virtuais, o Anonymous denuncia o bloqueio de diversas páginas pelo governo.

- Durante os últimos anos, vimos como o governo turco reforçou o controle sobre internet, enquanto processos legais abusivos persistem contra o jornalismo online. Está claro que o governo quer levar a censura a um novo nível.

Segundo o grupo, o governo da Turquia planeja pôr em funcionamento a partir de 22 de agosto um novo sistema de filtros contra páginas da web que permitirá acompanhar a atividade dos usuários.

Turquia deve implantar novo sistema de filtros contra páginas ilegais

As autoridades turcas confirmaram que haverá quatro novos tipos de filtros. Isso inclui filtros que permitirão os usuários seguir navegando livremente como até agora, mas também outros que permitirão às famílias restringir o acesso a sites que considerem nocivos para seus filhos.

Mas a maioria de usuários turcos teme que esta iniciativa dificulte ainda mais o acesso a internet em um país em que já há mais de 13 mil endereços bloqueados. Embora a maioria seja de sites ilegais, também há blogs políticos e de movimentos de esquerda entre as páginas bloqueadas no país.

Até agora era fácil burlar os bloqueios através do uso de navegadores diferentes e da modificação dos domínios, mas está incerto que ocorrerá a partir de agosto. Tal indefinição levou a milhares de internautas a se manifestarem contra o governo.

Por causa disso, o grupo Anonymous anunciou que atacaria os sites do governo a partir das 18h da quinta-feira (9).

Ataques tiraram do ar páginas oficiais do governo

O primeiro alvo foi a página da TIB (Autoridade de Telecomunicação), que foi bloqueada durante 20 minutos. Segundo a emissora turca NTV, o grupo atacou ainda a página do Centro de Meteorologia Estatal e o site da Seguridade Social, que nesta manhã já estavam normalizados.

A TIB reagiu às ameaças de Anonymous bloqueando por sua vez a página oficial dos ativistas, www.anonnews.org.

Em um comunicado, um grupo de hackers turcos de ideologia nacionalista, denominado Ay Yildiz (Lua e Estrela), anunciou que tomará represálias contra os ataques de um grupo estrangeiro a seu país.

- Não é um tema de censura, mas de traição à pátria.

Veja Relacionados:  Turquia, Anonymous, EFE
Turquia  Anonymous  EFE 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping