R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

publicado em 01/03/2010 às 09h16:

Italiano fugiu nu de hotel durante terremoto no Chile

Maurizio Milione está “preso” na cidade chilena de Viña del Mar

Dayanne Mikevis, do R7

O representante comercial italiano Maurizio Milione repetia diversas vezes que sentiu “paura” (medo em italiano) e “viu o filme de sua vida correr” ao comentar a experiência vivida na madrugada deste sábado (27) no Chille, quando um terremoto de 8,8 graus na escala Richter atingiu o país andino.

Milione conversou com o R7 no final da noite deste domingo (28), ele ainda não consegue dormir bem após o susto tomado. Eram 22h25 e cinco minutos antes houve uma réplica – abalos que acontecem após um grande terremoto – que o deixou assustado. O italiano se mostrou assustado com tais tremores:

- Eles acontecem a cada dez minutos, às vezes a cada 30 minutos.

Natural de Roseto degli Abruzzi, na Província italiana de Teramo, ele disse que até então pensava que, se o tremor ocorresse um pouco antes a tragédia poderia ter sido maior, pois ele estava em uma apresentação do festival da cidade chilena de Viña Del Mar:

- Uma hora antes do tremor, eu estava no festival com 8.000 pessoas. Eu saí do festival às 2h45 (3h45 em Brasília) e o tremor ocorreu às 3h34 (4h34 em Brasília). Teria pânico, com certeza.

Milione comentou que chegou ao hotel por volta de 3h20, tomou um banho e ligou o computador para mandar um e-mail quando sentiu uma tontura. Foi abrir a janela imaginando que passava mal e percebeu que a janela tremia. Mesmo assim, ainda não havia se dado conta que se tratava de um terremoto.

Ele foi então até a porta e viu os outros hóspedes abandonando seus quartos, ele então correu atrás das pessoas. Milione estava no sexto andar do edifício e imagina que, por volta do que era o terceiro andar, caiu de joelhos.

- Eu não conseguia sentir o solo, quando vi, estava chegando do lado de fora de joelhos. O chão não balançava para o lado, saltava. Depois fiquei na rua, estava tudo escuro e percebi que estava sem roupa.

Ele disse que não sabe se chegou a se enrolar em uma toalha para sair do quarto, mas disse acreditar que sim, devido ao tombo. Cerca de 15 minutos depois, funcionários do hotel lhe trouxeram uma manta para que se cobrisse o acalmaram.

Milione conta que teve sorte, estava em uma área nova na cidade. Ele disse ter recuperado seus pertences cerca de duas horas depois e conseguiu contatar seus familiares cerca de 30 minutos depois, por telefone, e exausto.

- O edifício de 25 andares na frente do meu hotel ficou intacto. Meu hotel também, apenas o sexto e o sétimo andar foram interditados para colocar o que se quebrou durante o terremoto.

Agora, o desafio do italiano é sair do Chile. Até ontem, não havia conseguido trens ou ônibus para deixar Viña del Mar. Ele deve seguir a Buenos Aires, e ali permanecer até o próximo sábado (6). Depois, ele retorna à Itália.

 
Veja Relacionados:  chile, italiano, testemunho, terremoto, relato
chile  italiano  testemunho  terremoto  relato 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping