R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

publicado em 17/08/2011 às 10h37:

Milhares vão às ruas contra a corrupção na Índia

Mais de 60 mil pessoas foram apoiar ativista que ameaçou fazer greve de fome

AFP


Publicidade

Milhares de manifestantes se reuniram nesta quarta-feira (17) em Nova Déli (capital da Índia) para apoiar o militante Anna Hazare, 74, que foi preso por ameaçar fazer uma greve de fome contra a corrupção no país, informaram os organizadores da manifestação.

Os organizadores afirmaram que entre 60 mil e 70 mil pessoas participam na manifestação. A polícia não forneceu um número preciso de manifestantes.

Nesta terça-feira (16), a polícia indiana prendeu mais de mil manifestantes anticorrupção numa manifestação em apoio ao ativista. Hazare foi colocado em prisão provisória quando tentava iniciar uma greve de fome "até a morte", iniciativa que foi proibida na segunda-feira (150 pela polícia. Com a greve, ele pretendia exigir mais rigidez de um projeto de lei examinado pelo Parlamento.

Hazare foi detido em sua casa em Nova Déli horas antes de iniciar o jejum - inspirado nas greves de fome que Mahatma Gandhi fazia como medida de pressão política.

O grande interesse popular e da imprensa pela iniciativa do ativista surpreendeu o governo, que sempre tenta impedir tais ações. A polícia proibiu Hazare de iniciar a greve de fome sob a alegação de que o parque estaria disponível por apenas três dias, mas ele desafiou a restrição.

De acordo com os seguidores do ativista, Hazare iniciou a greve de fome na prisão, mas a polícia não confirmou a informação.

Em abril, Hazare chamou a atenção nacional com uma greve de fome de 98 horas, com a qual conseguiu que o Parlamento indiano aceitasse a participação de membros da sociedade civil na elaboração de um projeto de lei que endurecia a legislação anticorrupção.

Mas decidiu retomar o jejum ao considerar o novo texto pouco rígido.

O projeto de lei estipula que os cidadãos indianos poderão denunciar a um mediador casos de corrupção que envolvam funcionários ou ministros do governo central, que estão protegidos pela atual legislação.


 
Veja Relacionados:  Índia,greve,fome,protesto
Índia  greve  fome  protesto 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping