R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

29 de Novembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

publicado em 19/12/2011 às 10h30:

Pais fazem tatuagens para apoiar filho com diabetes

Casal canadense quis apoiar o filho tatuando um injetor de insulina no abdome

Do R7

Publicidade

O casal canadense Philippe Aumond e Camille Boivin decidiu mostrar apoio ao filho Jacob, de uma forma que vai durar para sempre: ambos tatuaram no abdome um injetor de insulina. Isso porque o menino tem diabetes do tipo 1.

A tatuagem de cada um mostra o aparelho para aplicar a insulina e, no abdome do pai, ainda há a frase “Para sempre juntos e ligados”.

Quando o menino foi diagnosticado, ele ficou ansioso pelo aparelho – que substituiria as quatro ou cinco injeções diárias que ele precisava tomar. Segundo a mãe, o garoto achou que teria “seu próprio robozinho” particular. Camille, de 36 anos, disse que o garoto não teve problemas em usar o injetor, mas quis saber se ele era o único que tinha um “robozinho”.

- Ele se adaptou bem rápido, mas uma vez ele disse que se sentia diferente e perguntou se só ele, no mundo, usava o injetor.
Ela e Aumond, então, resolveram tatuar os aparelhos em si mesmos, para que o filho não se sentisse sozinho.

- Procuramos um bom tatuador porque queríamos que a figura fosse bem fiel à imagem do aparelho real (...) Jacob ficou realmente animado quando viu e agora, toda vez que as pessoas falam com ele sobre o injetor, ele levanta minha camisa e diz: “Olha, minha mãe também tem um”.

O pai disse que a ideia das tatuagens veio do menino.

Camille disse que o injetor custou R$ 12.100 (6.800 dólares canadenses), além do custo de R$ 1.250 (700 dólares canadenses) para o monitoramento periódico do aparelho e mais R$ 893 (500 dólares canadenses) por mês com outras despesas relacionadas à doença do filho.

Para comprar o aparelho ela organizou uma festa, vendendo pulseiras com a frase “Juntos por Jacob”, e conseguiu levantar R$ 25.500 (14.269 dólares canadenses). Com o dinheiro, Camille comprou o aparelho e outros acessórios e doou o restante do dinheiro para outras famílias que também precisavam do injetor.

- Temos muito amor, tínhamos muito dinheiro e conseguimos comprar o aparelho, e foi ótimo (...) Tentamos encarar tudo a respeito da diabetes da forma mais positiva possível.


 
Veja Relacionados:  diabetes,insulina,tatuagem
diabetes  insulina  tatuagem 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping