R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

31 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

publicado em 01/01/2011 às 10h05:

Presidente da Bolívia cede a pressão
e anula aumento dos combustíveis

Alvo de protestos, Evo Morales disse que não há justificativa para o reajuste

EFE


Publicidade

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anulou na noite desta sexta-feira (31) o decreto que aumentava o preço dos principais combustíveis em até 82%, após a onda de protestos que o país andino viveu nos últimas dias.

Havia ainda a ameaça de novas manifestações na próxima segunda-feira (3). Em mensagem transmitida pouco antes da meia-noite, Morales disse que decidiu tornar a norma sem efeito, após reuniões nos últimos dias com sindicatos e organizações indígenas que manifestaram que o aumento no preço dos combustíveis era "inoportuno".

- Isto quer dizer que todas as medidas ficam sem efeito. Não existe nenhuma justificativa agora para subir as passagens [de ônibus], para aumentar o preço dos alimentos, nem para a especulação. Tudo volta à situação anterior.

Morales transmitiu a mensagem acompanhado do seu vice-presidente, Álvaro García Linera, e do chanceler do país, David Choquehuanca, após ter se reunido nesta sexta-feira durante várias horas com suas bases sociais na região de Chapare e com seus ministros em Palacio.

O líder boliviano foi criticado nesta semana pelos sindicatos e movimentos sociais que o acusaram de tomar medidas "neoliberais" e chegaram a pedir a sua renúncia durante suas manifestações. As mobilizações mais violentas aconteceram na última quinta-feira, principalmente na cidade de El Alto, próxima a La Paz, onde até então Morales encontrara uma aliada incondicional.

Novos protestos estavam agendados para segunda-feira, entre eles uma passeata de milhares de mineiros desde o planalto até La Paz, além de uma greve em empresas do setor e um bloqueio camponês em estradas.


 
Veja Relacionados:  presidente,bolívia,preço,combustíveis
presidente  bolívia  preço  combustíveis 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping