R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

Arte/R7
publicado em 06/03/2010 às 22h20:

Show com artistas e autoridades arrecada
R$ 84 milhões para vítimas de terremoto no Chile

Chile tenta superar episódio mais amargo de sua história recente

EFE

Artistas e autoridades participaram de um programa de 27 horas na televisão chilena para arrecadar dinheiro para as vítimas do terremoto que devastou o país há uma semana. Ao fim do programa, às 22h deste sábado (6), com a ajuda de artistas como Shakira e Juanes, o "Chile ajuda o Chile" arrecadou 24 bilhões de pesos (R$ 84 milhões). A presidente Michelle Bachelet, o presidente-eleito Sebastián Piñera e até o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon subiram ao palco para pedir a solidariedade dos chilenos.

O último participante foi Piñera, que tentou dar um tom otimista ao seu discurso:

- Nosso governo será de unidade e vai dar o melhor de si.

Bachelet e Moon também estiveram no programa de auditório, conduzido pelo popular apresentador chileno Don Francisco. Shakira e o cantor Juanes, os dois muito populares na América hispânica, fizeram participações por meio do telefone.

O dinheiro vai às vítimas do terremo de 8,8 graus, que matou mais de 800 pessoas. Até agora, 452 corpos foram identificados. Cerca de dois milhões estão desabrigados e 500 mil imóveis foram destruídos.

 

 

Perdas podem bater os R$ 54 bilhões

A magnitude das perdas econômicas torna impossível quantificar o desastre, embora empresas americanas especializadas em estimativas de risco calculem que os danos ocasionados pelo terremoto podem chegar a US$ 30 bilhões (R$ 54 bilhões).

A destruição foi ainda maior por causa do tsunami, que chegou ao litoral chileno sem o aviso da Marinha do país ao Escritório Nacional de Emergência (Onemi). Enormes ondas atingiram inúmeras localidades litorâneas das regiões de Maule e Bío-Bío e as arrasaram, com um balanço até agora incerto do número de mortos e desaparecidos, já que o mar começou a devolver alguns corpos a partir da última quinta-feira.

Horas depois do tremor, cidades como Concepción, Santiago e Talca passaram por saques e outros atos de vandalismo que obrigaram a presidente chilena, Michelle Bachelet, a decretar estado de exceção em Maule e Bío-Bío, que ficaram sob toque de recolher durante a noite e boa parte do dia.

Além de críticas ao funcionamento dos planos de segurança, o terremoto também despertou a solidariedade internacional. Enquanto os chilenos começavam a se organizar para socorrer os desabrigados pelo terremoto, líderes internacionais chegaram ao país com uma mensagem de condolência e solidariedade e toneladas de ajuda humanitária.

Novo presidente terá de reconstruir o país

A reconstrução levará pelo menos quatro anos, reconheceu Bachelet, enquanto seu sucessor, Sebastián Piñera - que assume a Presidência na próxima quinta-feira - afirmou que seu mandato "não será o do terremoto, mas o da reconstrução".

O Chile faz as contas para saber quanto custará para ficar de pé novamente e espera que a catástrofe não afete muito sua capacidade de recuperação da recente crise econômica. Apesar do desastre, especialistas mantêm praticamente sem variação suas previsões de recuperação para a economia chilena neste ano e revisaram ligeiramente em baixa a estimativa de crescimento, de 5,4% para 5%.

A reconstrução exigiria muitos recursos. Analistas calculam que será necessário um aumento do gasto público de US$ 5 bilhões além do orçamento. Além da contribuição do Estado, os chilenos querem contribuir para reerguer as casas, escolas e fábricas destruídas.

Veja Relacionados:  Chile , terremoto, teleton
Chile   terremoto  teleton 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping