R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

Arte/R7
publicado em 05/03/2010 às 14h13:

Terra treme 14 vezes hoje e deixa chilenos em pânico

Série de réplicas do forte terremoto do fim de semana atinge o país nesta sexta

Do R7, com Reuters

Os chilenos estão assustados nesta sexta-feira (5) com uma onda de terremotos, quase uma semana depois do tremor de 8,8 graus na escala Richter que sacudiu o país no último sábado (27). Somente hoje, a terra tremeu 14 vezes no país, segundo dados do Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS), sendo que por duas vezes os tremores registrados superaram os 6 graus na escala Richter.

As fortes réplicas do poderoso terremoto do último fim de semana despertaram os chilenos na sexta-feira, em meio a dados confusos do governo a respeito do número de mortos da tragédia inicial.

Os dois tremores mais fortes desta sexta-feira aconteceram perto da cidade de Concepción, a segunda maior do Chile.

Às 6h19 (horário local e de Brasília), Concepción foi sacudida pelo primeiro tremor, de 6 graus (inicialmente divulgado como sendo de 6,3 graus, depois revisado), segundo o Centro Geológico dos Estados Unidos (USGS). Ele foi registrado no oceano Pacífico, a 41 km da cidade, também a 35 km de profundidade.

Às 8h47 (horário local e de Brasília), aconteceu o segundo tremor, de 6,6 na escala Richter. O epicentro foi localizado no Oceano Pacífico, 35 km ao noroeste de Concepción e a 35 km de profundidade.

O prefeito da cidade fez um chamado à população para que mantenha a calma e não saia de suas casas, já que existem danos estruturais no centro da cidade, informou o jornal chileno La Tercera.

Cristián Ruiz, um engenheiro de pesca de 38 anos de Concepción, descreveu:

- Este de agora foi mais forte. Este que começou eu disse: aí vem de novo (o terremoto e tsunamis)".

Mas as Forças Armadas do Chile asseguraram que os últimos tremores não geraram tsunamis.

Parado fora de sua casa, um angustiado vizinho de Ruiz afirmou:

- Foi terrível. Os três (tremores) que ocorreram em um curto tempo foram muito fortes. Não sei quando isso irá parar.

Outras fortes réplicas foram sentidas mais cedo em toda a região central e sul do país.

Concepción, uma das cidades mais atingidas pelo terremoto de magnitude 8,8 que sacudiu no sábado o centro e o sul do Chile e que foi seguido por uma onda de tsunamis, vive o sexto dia de toque de recolher, uma medida que visa a evitar os saques.

As autoridades ordenaram a demolição de cinco edifícios danificados.

O chefe do governo na região de Biobío, Jaime Tohá, disse a uma rádio local:

- A informação ainda não pode ser completa (...), mas não temos um relato de danos materiais, exceto óbvias quedas de pedaços de edifícios que já estavam danificados, mas nada significativo.

As autoridades chegaram a informar que o tremor de sábado, um dos mais violentos em um século no mundo, e os subsequentes tsunamis haviam matado 802 pessoas, mas nesta quinta-feira o ministro do Interior, Patrício Resende, informou que havia 279 vítimas identificadas.

Fontes oficiais disseram que o governo cometeu um erro ao incluir na lista de vítimas pessoas desaparecidas, encontradas posteriormente com vida.

Mas a nova cifra oficial parece não refletir o depoimento de autoridades locais, que estimaram a perda de centenas de pessoas, especialmente em zonas litorâneas.

 

Veja Relacionados:  terremoto, chile, réplicas, terra, tremor
terremoto  chile  réplicas  terra  tremor 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping