R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

publicado em 11/03/2010 às 17h25:

Tremor amedronta presidentes em posse de Piñera

Alerta de tsunami fez líderes latino-americanos deixarem Congresso às pressas

AFP

Faltavam poucos minutos para a mudança de comando no Chile nesta quinta-feira (11) e os presidentes convidados conversavam na sede do Congresso quando três tremores, em 20 minutos, seguidos de um alarme de tsunami, foram motivo de pânico, mas também de reações bem-humoradas.

Ao sentirem o segundo abalo, os presidentes Cristina Kirchner, da Argentina, e Álvaro Uribe, da Colômbia, levantaram-se de suas cadeiras olhando em direção à saída do recinto, mas voltaram a se sentar.

O ato foi repetido pela terceira vez. Depois desta última réplica, Uribe mostrava-se consternado (os sismos foram de magnitude 7,2; 6,9 e 6,0 na escala Richter) e, com passo firme, dirigiu-se à saída, retornando depois.

A presidente argentina começou a falar, primeiro com um assessor, depois com Uribe, demonstrando nervosismo. Ela chegou a perguntar ao chanceler chileno, Mariano Fernández, se a cerimônia ia prosseguir ou não. Mais tarde ela falou sobre a apreensão:

- Meu estado de ânimo era de tristeza, de fadiga, não de medo. Quando cheguei já havia acontecido, aparentemente, o primeiro tremor. Observei mais o segundo do que senti, propriamente, porque as flores estavam balançando.

Lustre deixa presidentes preocupados

Já Rafael Correa (Equador) e Fernando Lugo (Paraguai) olhavam preocupados para o teto da sala, onde fica pendurado um grande lustre, que se movia. Ao lado, Evo Morales (Bolívia) não parecia incomodado com a situação.

Correa - que chegou à cerimônia de muletas, devido a uma cirurgia no joelho realizada em Cuba- não parou de olhar para o teto até o final da solenidade.

Um coro fazia o ensaio final, afinando os instrumentos e os convidados conversavam em grupos quando houve o primeiro sismo. Em poucos segundos, por alto-falante informava-se sobre as portas de saída. Tudo parecia, depois, voltar à normalidade.

chile piñera posse lugo evo g

(Foto: Marcos Fredes/AFP)

Alerta de tsunami retira presidentes do Congresso

Em meio ao nervosismo depois do terceiro tremor, alguém comentou em voz alta: "Se o Congresso cair haverá uma renovação política total" no país.

A cerimônia de passagem de comando foi feita apressadamente. Nesse momento já havia um alerta de tsunami. A sede do Congresso fica a cinco quadras do mar. Assim, logo que foi concluída a cerimônia, com Piñera já como presidente, funcionários do Congresso pediram as pessoas que se retirassem com urgência da sede parlamentar. Os primeiros a deixar o recinto foram ... os presidentes.

Já na parte de fora, o príncipe Felipe da Espanha mostrava uma fisionomia mais tranquila.

Mais relaxado, o presidente peruano disse: "é um tremor, não dramatizemos; estamos acostumados, em Lima, e aproveitamos para dançar de alguma forma".

"Para mim, foi uma honra compartilhar um tremor com o povo do Chile", concluiu.

 
Veja Relacionados:  chile, terremoto, piñera,
chile  terremoto  piñera 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping