R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Internacional/Notícias

Icone de Internacional Internacional

 

publicado em 10/12/2010 às 17h17:

WikiLeaks denuncia máfia,
corrupção e poluição na Nigéria

Delta do rio Níger, que possui grandes reservas de petróleo, é tomado pelo crime

EFE

Publicidade

O delta do rio Níger na Nigéria, um dos ecossistemas mais visados do planeta com enormes reservas de petróleo, é testemunha de uma estrutura mafiosa formada por grandes petrolíferas, rebeldes e políticos corruptos, segundo documentos filtrados pelo site WikiLeaks publicado nesta sexta-feira (10) pela revista alemã Der Spiegel.

A publicação reproduz vários documentos do consulado dos Estados Unidos em Lagos, que denuncia também o abandono por parte do governo local.

"Nos últimos 10 anos o governo não construiu nenhuma rua nos Estados do delta", afirmou um documento datado em fevereiro de 2009.

As informações da delegação dos EUA garantem que as autoridades federais nigerianas também não construíram escolas e hospitais na região com altos níveis de degradação do meio ambiente desde a chegada das companhias petrolíferas, em 1960.

Sequestradores têm apoio das autoridades; alguns são estudantes

Os documentos confidenciais revelam que no delta do Níger é também vítima de sequestradores que, às vezes, atuam em conivência com as autoridades, assim como políticos corruptos.

Os rebeldes, apontou Der Spiegel com base nos documentos de WikiLeaks, costumam atacar os consórcios petrolíferos e muitos são estudantes, explicou um funcionário do consulado dos EUA,

- É comum que os estudantes, durante suas férias, vão até os campos petrolíferos para ganhar algum dinheiro. Eles costumam atacam torres de extração, comercializar petróleo e participar de sequestros.

Ali, segundo os documentos, os estudantes conseguem ganhar R$ 1.718 (US$ 1 mil) em de três meses. As quatro refinarias estatais têm uma capacidade de 445 mil barris por dia, e sua história está cheia de sabotagem, má gestão e corrupção.

O petróleo extraído da região, segundo dados das Nações Unidas, supõe cerca de 50% do Produto Interno Bruto (PIB) da Nigéria e proporciona 95% do lucro do país.

Veja Relacionados:  wikileaks, nigéria, rio níger, crime
wikileaks  nigéria  rio níger  crime 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping