Internacional

8/1/2013 às 12h09 (Atualizado em 8/1/2013 às 12h09)

Nova investigação confirma que Amy morreu por excesso de álcool

EFE

Londres, 8 jan (EFE).- Uma segunda investigação legista sobre a morte de Amy Winehouse confirmou nesta terça-feira que a cantora morreu por excesso de álcool, informou o tribunal de Saint Pancras (Londres). A primeira pesquisa determinou em 2011 que sua morte havia sido "acidental" e possivelmente por consumo excessivo de álcool, mas a investigação foi invalidada ao descobrir-se que juíza encarregada do caso não tinha as qualificações necessárias. Na nova investigação, que aconteceu em Saint Pancras para esclarecer a morte da jovem, a juíza legista Shirley Radcliffe afirmou que a cantora, morta em 23 de julho de 2011, tinha mais de cinco vezes o limite permitido de álcool para dirigir. Segundo Radcliffe, a cantora morreu por "ter níveis de álcool (no sangue) geralmente associados à morte" e que consumiu de maneira "voluntária". Em declaração escrita enviada ao tribunal, a médica particular de Amy, Christina Romete, disse que a cantora se negava a seguir a recomendação dos médicos e que era uma pessoa que "queria fazer as coisas de sua maneira". A primeira investigação após a morte da autora de "Back to Black", que morreu aos 27 anos, foi dirigida por Suzanne Greenway. No entanto, em novembro de 2011 Suzanne, nascida na Austrália, renunciou de seu cargo após ser comprovado que não tinha o período de experiência necessário para exercer no Reino Unido. A letrada havia sido nomeada juíza legista adjunta por seu marido, Andrew Reid, em 2009, sem cumprir com o requisito legal de cinco anos de registro como advogada no Reino Unido, apesar de ter exercido sua profissão durante uma década em seu país. Amy Winehouse, uma das artistas mais talentosas da história da música inglesa, tendo recebido vários prêmios, foi encontrada morta em seu apartamento do bairro londrino de Camden Town após uma longa batalha contra os vícios. EFE vg/tr
  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Verde-amarelo contagiante

Bandeiras e camisetas do Brasil se espalham pelo mundo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fé proibida

Conheça os países com maiores índices de perseguição religiosa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!