Small-house Faça do R7.com sua página inicial

SIM NÃO

Internacional

22/5/2013 às 00h30 (Atualizado em 22/5/2013 às 08h08)

Professora protegeu crianças de tornado com o próprio corpo nos EUA

Americanos se comovem com histórias de sobreviventes após tornado atingir Oklahoma

Do R7

Imagem aérea mostra os estragos causados na escola Plaza Towers 21.05.2013/Rick Wilking/Reuters
A professora Rhonda Crosswhite dá um abraço apertado em um dos alunos que salvou Reprodução/dailymail.co.uk

Na terça-feira (21), dia seguinte ao tornado devastador que matou pelo menos 24 pessoas na região de Oklahoma City, sul dos EUA, histórias de sobreviventes começaram a comover os norte-americanos. Uma delas é a da professora Rhonda Crosswhite, que protegeu seus alunos com o próprio corpo enquanto parte da escola desabava com os ventos de até 320 km/h.  

Rhonda contou ao canal de TV NBC que correu até o banheiro da escola primária Plaza Towers com os estudantes quando o tornado começou a sacudir o prédio, que teve o teto arrancado e foi parcialmente destruído.  

O terror durou 25 minutos. Ela disse que um estudante em pânico gritou: "Eu te amo, eu te amo, por favor não morra comigo".  

O pai de um dos alunos ajudou no resgate. Todos os estudantes que estavam com a professora saíram vivos. Apenas um deles sofreu um ferimento na cabeça.   

Família morre ao tentar escapar de tornado escondendo-se no congelador

"Pensamos que íamos morrer", conta sobrevivente de tornado nos EUA

A escola primária Plaza Towers foi uma das cinco escolas na rota do tornado. "[As equipes de resgate] estavam literalmente levantando as paredes, e as crianças saíam", disse o sargento da polícia Jeremy Lewis.

— Eles retiraram crianças debaixo de blocos de cimento sem um só arranhão.

"Percorri a área [...] e a impressão que se tem é que ninguém podia ter sobrevivido a isto", declarou Mick Cornett, prefeito de Oklahoma City.

Vítima de tornado encontra sua cachorra durante entrevista ao vivo na televisão

Itamaraty diz que não há relatos de brasileiros atingidos pelo tornado em Oklahoma e lamenta os estragos nos EUA

Na terça-feira antes do meio-dia, a chefe do serviço forense de Oklahoma City, Amy Elliott, disse à AFP que o necrotério tinha recebido 24 corpos, sendo nove deles de crianças, e que a maioria tinha sido identificada. Registros anteriores haviam indicado 91 mortos, entre os quais 20 crianças.

O tornado, de até 3 km de largura, arrasou a cidade de Moore, ao sul de Oklahoma City, destruindo em sua passagem casas, escolas, prédios, arrancando árvores pela raiz e semeando o pânico entre os moradores.

O estudante Damien Kline disse, comovido, que a professora salvou sua vida. 

— [A professora] estava cobrindo a mim e a meu amigo Zachary.  

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Verde-amarelo contagiante

Bandeiras e camisetas do Brasil se espalham pelo mundo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fé proibida

Conheça os países com maiores índices de perseguição religiosa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!