Secretário de Estado dos EUA diz esperar que bloqueio ao Catar seja suspenso

WASHINGTON (Reuters) - O secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, disse nesta sexta-feira que os Estados Unidos estão satisfeitos com os esforços do Catar para implementar um acordo para combater o financiamento ao terrorismo assinado na semana passada, e fez um apelo a países árabes para que suspendam o bloqueio imposto à pequena nação do Golfo Pérsico.

"Eles têm sido muito agressivos na implementação do acordo, então acho que estamos satisfeitos com os esforços que eles estão levando em frente", disse Tillerson a repórteres antes de uma reunião com o chanceler de Omã, Yusuf bin Alawi bin Abdullah, no Departamento de Estado.

Arábia Saudita, Bahrein, Emirados Árabes Unidos e Egito impuseram sanções ao Catar no mês passado, acusando o país de financiar grupos extremistas e de se aliar ao Irã, arqui-inimigo dos países árabes do Golfo. Doha nega as acusações.

"Espero que os quatro países consideram, como um sinal de boa vontade, suspender esse bloqueio que realmente está tendo o maior dos efeitos negativos sobre o povo do Catar", disse Tillerson.

(Reportagem de Yeganeh Torbati)