Internacional

6/12/2012 às 12h34 (Atualizado em 6/12/2012 às 12h34)

UE pediu painel de resolução na OMC contra a Argentina

AFP

A União Europeia (UE) pediu um painel de resolução de disputas da Organização Mundial do Comércio (OMC) para que se resolva a disputa com a Argentina pelas restrições às importações que prejudicam os países europeus, indicou nesta quinta-feira em um comunicado.

"As restrições às importações da Argentina violam os tratados internacionais de comércio e prejudicam as exportações da UE", indicou em um comunicado, seis meses depois que o bloco apresentou uma queixa contra Buenos Aires ante a ONU quanto a este tema.

Em maio, a UE denunciou a Argentina pelas restrições às importações impostas pelo governo da presidente Cristina Kirchner e convidou outros países a se unirem a esta cruzada.

A denúncia iniciou um longo processo na OMC. Em uma primeira fase, as duas partes foram convocadas a negociar com o objetivo de que a Argentina levantasse estas medidas.

Mas, passado o prazo sem que um acordo tenha sido alcançado, o bloco pediu a instalação de um painel de arbitragem que terá de se pronunciar sobre a legalidade das medidas.

ml/me/cn

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Homem das cavernas

Iraniano não toma banho há 60 anos e usa pedaço de cano como cachimbo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Desumano

Menino de 11 anos vive acorrentado como cachorro pela família na China

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!