Lula e Dilma teriam recebido 150 milhões de dólares da JBS

Em delação ao PT, Joesley Batista afirmou ter repassado 150 milhões de dólares para as campanhas de Lula e Dilma Rousseff. O dinheiro ficava em contas no exterior operadas pela própria empresa. A suspeita da Polícia Federal é que a JBS tenha crescido e se transformado na maior empresa processadora de carnes do mundo graças à influência que tinha nos governos do PT. Para isso, usou a influência dos ex-ministros Guido Mantega e Antônio Palocci. Em 2009, a empresa de Palocci foi contratada por R$ 2 milhões para dar consultoria ao grupo.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico

Vídeos

Carregando

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!