Minas Gerais

Minas Gerais

14/2/2014 às 14h59 (Atualizado em 14/2/2014 às 15h19)

Caseiro matou mulher e feriu filho depois de ouvir música sertaneja por não aceitar separação

Homem cometeu o crime na véspera de Natal em Contagem, na Grande BH

Do R7, com Record Minas

Caseiro diz que sempre deu tudo à mulher e que não admitia a separação Record Minas

O caseiro Wanderson Celino Juventino, de 26 anos, confessou ter matado a própria mulher a facadas na véspera do Natal do ano passado. Ele foi apresentado pela Polícia Civil nesta sexta-feira (14) em Belo Horizonte. Wanderson Juventino diz que a ouvia a música "Na linha do tempo", dos sertanejos Victor e Léo, antes de cometer o crime. A canção fala sobre uma pessoa dedicada ao amor.

Leia mais notícias no R7 Minas

Elizamara Alves, de 19, foi morta por ciúmes dentro de casa em Contagem, na Grande BH. Eles estavam em processo de separação e Elizamara estaria trocando mensagens com outro homem pelo Facebook. Ao perceber as ligações e mensagens frequentes, decidiu esfaquear a companheira. No dia do ataque, ele ainda feriu a barriga do filho de 1 ano com a faca.

O caseiro se diz arrependido e afirma que cometeu o crime ao ouvir a música "Na Linha do Tempo".

— A música do Victor e Leo, "Na lnha do tempo". Fala 'te dei o céu, a lua', me lembrava ela. Eu fazia de tudo pra ela. Pensa num cara que tirava o dinheiro todo do salário e dava pra ela. Eu tenho arrependimento de coração. Eu podia ter evitado. Nada justifica o que fiz, é só pagar.

Segundo a delegada Fabíola Oliveira, o suspeito passou o dia com o filho e cometeu o crime ao entregá-lo de volta.

—  Chegou a colocar no colo dela, falou que o filho comeu e desferiu seis golpes de faca na Elizamara. Ele reclamava que ela tinha muito acesso ao Facebook, pegava o telefone da mãe e ia pro banheiro conversar com a pessoa. A partir do momento em que ela começou a telefonar pra outra pessoa na frente dele, ele decidiu que não dava mais, diz ele que o amor que tinha pela companheira e pelo filho era muito grande pra permitir que a família fosse desfeita por causa de uma traição.

Wanderson Juventino nunca tinha sido preso e se apresentou espontaneamente no dia 10 de janeiro no Fórum de Contagem, com um defensor público, ao perceber que a polícia fechava o cerco na casa de irmãos onde se escondia.
 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Compartilhe
Piloto é investigado

Policial e companheira morrem ao cair de helicóptero na represa de Furnas

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Belo Horizonte

Traficante arranca cabeça de pedófilo e guarda na geladeira por três meses

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Parada cardíaca

Aluna de 15 anos sofre overdose dentro da escola no bairro Itapoã, em BH

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
1.000 bonecos

Colecionadora mineira de Playmobil tem fotos expostas na Alemanha

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Barbacena

Apaixonado misterioso espalha faixas com música de Marisa Monte para se declarar

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Minas Gerais

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!