Minas Gerais

Mãe de Eliza Samudio entra com novo recurso contra soltura de Bruno

Pedido de embargo de Sônia Fátima Marcelo da Silva Moura já havia sido negado pelo STF

Do R7 com RecordTV Minas

Jogador foi contratado pelo Boa Esporte, de Varginha (MG) RecordTV Minas

A mãe da ex-modelo Eliza Samudio entrou com um recurso pedindo, novamente, a cassação do habeas corpus que concedeu liberdade ao goleiro Bruno Fernandes, no último dia 24 de fevereiro. No dia 3 deste mês, a advogada de Sônia de Fátima Marcelo da Silva de Moura já tinha recorrido, mas o pedido foi rejeitado pelo ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal).

Goleiro Bruno assina com Boa Esporte e clube perde patrocinadores

Entre os argumentos apresentados no documento que foi entregado ao Supremo recorrendo a soltura, estão declarações recentes de Fernandes afirmando já ter pago a pena e que a prisão perpétua não traria Eliza de volta. A petição deu entrada no sistema do STF na madrugada deste domingo (19).

Liberação de Bruno

O ex-jogador do Flamengo deixou a Apac (Associação de Amparo e Proteção ao Condenado) de Santa Luzia, no dia 24 de fevereiro, após um habeas corpus concedido pelo ministro Marco Aurélio Mello, do STF. Em 2013, o goleiro foi condenado a 22 anos e três meses de prisão pela morte e ocultação do cadáver de Eliza Samudio, em 2010, com quem teve o filho Bruninho. Ele também foi condenado por sequestrar e manter Bruninho, então recém-nascido, em cárcere privado.

Relembre os fatos mais marcantes do caso Eliza Samudio

Como a condenação foi de primeira instância na Justiça, Fernandes entrou com um pedido de análise da decisão. Desde então, ele estava preso preventivamente aguardando o julgamento dos recursos apresentados. Porém, o ministro entendeu que o tempo dessa prisão estava excessivo e permitiu que o goleiro responda em liberdade.

  • Espalhe por aí:
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!