Minas Gerais

31 de Outubro de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Após ponte cair e deixar 40 famílias isoladas, Santana do Riacho entra em estado de emergência

Estado já tem quase 6.000 desalojados na temporada de chuva deste ano

Juliana Ferreira, do R7 MG | 09/02/2013 às 18h00
Publicidade

Depois que a chuva derrubou uma ponte e deixou 40 famílias isoladas, Santana do Riacho, na região central de Minas, decretou estado de emergência. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) confirmou a entrada da cidade na lista, que já tem 22 municípios na mesma situação. Segundo o órgão, na última quinta (7), o rio Paranaúba subiu e destruiu uma ponte de 40 metros, que caiu sobre o leito. A estrutura ligava a cidade às comunidades de Usina e Tenda, onde as famílias ficaram isoladas.

Temporais continuam castigando também o sul do Estado. Em Piranguçu, estradas de acesso à zona rural estão bloqueadas, e três pontes foram destruídias, além de problemas na captação da água. A Cedec disponibilizou ajuda humanitária, já que moradores perderam até mesmo colchões.

Leia mais notícias no R7 MG

Leia mais notícias de Carnaval

A situação não é diferente em Brazópolis, onde a forte chuva causou grandes estragos. A lama estragou 10 mil litros de diesel de um posto de combustíveis, um prejuízo de R$ 23 mil. Em outros pontos da cidade, moradorres tiveram que deixar suas casas, e o muro de uma escola de 20 metros de largura desabou. No centro, uma cratera de dois metros de profundidade se abriu no meio da rua devido ao rompimento da rede pluvial.

As águas danificaram também casas e construções e já deixaram cerca de 6.000 pessoas desalojadas em todo o Estado. Outras 276 estão desabrigadas. Até o momento, 23 pessoas morreram em decorrência das chuvas. O último caso foi registrado no distrito de Conceição do Formoso, no munícipio de Santos Dumont, na Zona da Mata. Uma idosa de 79 anos morreu depois que uma encosta deslizou sobre sua casa.

Além dos mortos, outras 10 pessoas ficaram feridas. Até o momento, 503 casas foram danificadas e outras 41 totalmente destruídas. Além disso, 261 obras de infraestrutura foram danificadas e 38 destruídas.

 
Veja Relacionados:  santana do riacho, estado de emergência
santana do riacho  estado de emergência 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS