Minas Gerais

2 de Outubro de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Babá que sacudiu bebê irá responder a processo em liberdade

Segundo juiz, não há motivos para que a mulher fique presa até o julgamento

Ramon Guerra, do R7 MG | 18/09/2012 às 17h36
Publicidade

A babá  de 31 anos acusada de sacudir um bebê de três meses no bairro Serra, região centro-sul de Belo Horizonte, irá responder ao processo em liberdade. A decisão foi anunciada nesta terça-feira (18) pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), após o juiz responsável pelo caso receber a denúncia do Ministério Público contra a mulher.

De acordo com o tribunal, a decisão foi tomada pelo juiz sumariante do 1º Tribunal do Júri de Belo Horizonte, Guilherme Queiroz Lacerda, que considerou que Eliane Vieira dos Santos vem atendendo a todos os chamados para prestar esclarecimentos, é primária na prática de delitos e não existem evidências de que esteja “propensa a ameaçar qualquer testemunha ou mesmo a se ausentar do distrito da culpa”.

Na primeira fase do processo será realizada a a instrução da ação penal, fase onde são realizadas formalidades do processo, testemunhas e a acusada são ouvidos e as provas recolhidas são apresentadas.

Bebê sacudido

No dia 14 de junho, a menina chegou em coma ao hospital e foi internada no CTI. Exames foram feitos e confirmaram que ela tinha sangramento no cérebro e deslocamento dos vasos da retina.

Após a constatação, o hospital acionou a polícia, que instaurou o inquérito após verificar que os sintomas do bebê correspondem à Síndrome do Bebê Sacudido, que acontece quando a criança, ainda em fase de formação, é sacolejada por um adulto. A síndrome pode causar o rompimento de vasos no cérebro, o que provoca danos irreversíveis, como epilepsia, paralisia cerebral e cegueira.


 
Veja Relacionados:  babá, bebê, sacudido, processo, justiça
babá  bebê  sacudido  processo  justiça 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS