Minas Gerais

31 de Outubro de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Do Paraguai, traficante sumido há 12 anos comandava tráfico em BH

Marcelão foi preso um dia antes do mandado de prisão expirar

Do R7 MG, com Record Minas | 26/03/2013 às 18h53
Publicidade

Foragido desde 2001, um traficante com extensa ficha criminal foi preso em Belo Horizonte após ter os passos monitorados por um ano. Marcelo Cristian Batista, o Marcelão, foi apresentado nesta terça-feira (26) pela Polícia Civil. Ele foi preso no dia 7 de março, um dia antes do mandado de prisão prescrever.

O registro criminal de Marcelão ocupa vinte páginas. Com passagens por homicídio, tráfico, sequestro e porte ilegal de armas, ele estava preso em 2001 quando foi recapturado por comparsas. Durante um atendimento médico no Hospital Belo Horizonte, bandidos armados renderam os agentes penitenciários para libertar o traficante.

Submetralhadora e pistola israelense são encontradas em sítio de traficante

Quadrilha com 11 homens é presa em festa de comemoração de morte de traficante

Segundo o delegado Márcio Lobato, Marcelão vivia na fronteira com o Paraguai, de onde monitorava a entrada de drogas na Vila Sumáre, em BH.

— Nosso trabalho diuturno não é só prender traficantes ou que estão no dia a dia praticando crimes, mas também aquelas que devem à Justiça. O cumprimento da pena é a garantia que a gente tem para o controle social.

Em abril de 2012, um caminhão com placas de Limeira (SP) foi apreendido na Grande BH com 280 kg de maconha e 50 kg de cocaína. A polícia investigou que a ordem teria partido do traficante e descobriu seu paradeiro na capital mineira.

 
Veja Relacionados:  traficante, foragido, marcelão
traficante  foragido  marcelão 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS