Minas Gerais

20 de Agosto de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Família acusa babá de estupro e morte de bebê de 11 meses

Mulher que cuidava da menina negou qualquer agressão

Do R7 MG | 24/09/2012 às 07h46
Publicidade

A família da menina de 11 meses que morreu em decorrência de uma infecção urinária e pode ter sido estuprada aponta a babá como a principal suspeita. A mãe, Maria José Rodrigues, conta que a mulher cuidava de Bruna desde os quatro meses, para que os pais trabalhassem.

Maria José alega que a filha não era doente e apresentou sinais do problema na última terça-feira (18). Ela chorava, tinha febre e estava com o rosto inchado e roxo. A menina foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento por duas vezes. Na segunda, foi transferida para o Hospital Odilon Behrens, onde morreu.

— Não quero que o mesmo que aconteceu com a minha filha aconteça com os outros. Só eu e Deus sabe o que eu to sentindo aqui dentro de mim, perder minha única filha.

A babá, identificada apenas como Sebastiana, se tornou a principal suspeita de ter violentado a menina depois que exames do IML (Instituto Médico Legal) apontaram que a criança pode ter sofrido maus-tratos e estupro. O relatório mostrou ainda que ela foi atendida com traumatismo craniano. Segundo os pais, a mulher esteve no velório, na casa da família, por cerca de cinco minutos e não demonstrou tristeza. Ela e os pais foram ouvidos pela Polícia Militar na ocasião.

Sebastiana abriu sua casa, onde cuida de 12 crianças. A babá disse que amava Bruna e não notou nada de estranho nos últimos dias.

— Minha tristeza do mundo mais é ter perdido ela, né? Não queria nunca na minha vida.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que não se pronunciou sobre o assunto.


 
Veja Relacionados:  família, acusa, babá, estupro, morte, bebê, 10 meses, bh
família  acusa  babá  estupro  morte  bebê  10 meses  bh 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS