Minas Gerais

24 de Abril de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Família de criança que morreu com dengue hemorrágica reclama de atendimento em Santa Luzia

Diego Barbosa, 4 anos, foi diagnosticado com inflamação na garganta

Enzo Menezes / R7 MG | 30/03/2013 às 11h42
Publicidade

A família de um menino de 4 anos que morreu vítima de dengue hemorrágica no Centro Geral de Pediatria do Hospital João Paulo II, em Belo Horizonte, reclama do diagnóstico de inflamação de garganta recebido na Unidade de Pronto Atendimento São Benedito, em Santa Luzia.

Casos de dengue em Minas chegam a quase 38 mil e mortos sobem para 31

Secretaria de Saúde descarta dengue como causa da morte de grávida

Diego Lemos Gonçalves Barbosa morreu na quinta-feira (28) por complicações da doença. Ele foi enterrado na tarde de sexta (29) no cemitério Belo Vale. A avó da criança, Deonice Francisca Barbosa Alves, reclama que a demora no diagnóstico provocou a morte da criança, já que ele foi medicado por três dias com antibiótico.

— Na sexta (22) ele chegou da escola com febre e a mãe o levou no PA. O médico diagnosticou garganta inflamada, receitou amoxicilina e paracetamol e mandou para casa. Durante três dias ele ficou muito debilitado, não conseguia comer, e começou a vomitar algo escuro.

Ao perceber o vômito, a família retornou à unidade de saúde no dia 26, onde a suspeita de dengue teria sido confirmada. A transferência para o João Paulo II saiu no fim da noite.

— Os médicos cuidaram muito bem, mas alertaram que o estado era muito grave. Ele foi levado para o CTI, mas piorou, não tinham mais condições de tratá-lo. É um absurdo deixar a pessoa morrer assim. O PA é só para emergência, se não descobre o que a pessoa tem, deve transferir, e não deixar acontecer isso com meu neto.

A família afirma que a dengue hemorrágica consta na certidão de óbito como causa da morte, mas ninguém foi encontrado na secretaria de saúde do município para comentar o caso. A direção da unidade de pronto atendimento também não se manifestou.

Se confirmada, esta pode ser a 34ª morte por dengue em Minas Gerais neste ano, contra 18 casos nos doze meses de 2012. O Estado já tem 37.821 casos confirmados da doença e 31 mortes atestadas, sem considerar duas mulheres que foram vitimadas em BH na última semana.

 
Veja Relacionados:  dengue, hemorrágica, santa luzia
dengue  hemorrágica  santa luzia 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS