Minas Gerais

25 de Outubro de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Família vai receber R$ 21 mil de médico que recusou atender paciente na Santa Casa

Mulher morreu em Barbacena ao ter primeiros socorros negados por profissional de plantão

Do R7 MG | 26/12/2012 às 16h04
Publicidade

O médico que recusou atender uma paciente na Santa Casa de Misericórdia de Barbacena, no Campo das Vertentes, terá de pagar R$ 21 mil por danos morais à família da vítima. A decisão de desembargadores da 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais foi divulgada nesta quarta-feira (26).

Homem morre por falta de atendimento médico no centro-oeste de Minas

Jovem morre após susposto erro médico em Santa Luzia

De acordo com o processo, o marido e dois filhos levaram a mulher, que sentia fortes dores, à emergência do hospital em outubro de 2005. O médico que estava de plantão se recusou a prestar os primeiros socorros porque a família não apresentou uma guia de atendimento do posto de saúde. Eles foram obrigados a voltar ao posto para tentar o documento e, no caminho, a mulher acabou morrendo.

Segundo os desembargadores Veiga de Oliveira e Mariângela Meyer, o médico “se furtou ao dever inerente à sua profissão, o de prestar assistência”. O médico recorreu, afirmando que desconhecia a situação, já que uma enfermeira teria sido responsável pela triagem, mas o argumento não foi aceito.

A Justiça negou o recurso e determinou o pagamento de R$ 21 mil.

— O sofrimento íntimo dos familiares com o não atendimento de um dos seus, em estado precário de saúde, é evidente.

 
Veja Relacionados:  médico, indenização, danos morais
médico  indenização  danos morais 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS