Minas Gerais

19 de Dezembro de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Macarrão fez acordo e vai confessar o crime, diz advogado de mãe de Eliza

José Arteiro afirmou que Luiz Henrique Romão deverá ter redução na pena por confissão

Do R7 MG com TV Record | 21/11/2012 às 17h11

Publicidade

Luiz Henrique Romão, o Macarrão, vai confessar detalhes da morte de Eliza Samudio. A afirmação foi feita nesta quarta-feira (21) pelo advogado da mãe de Eliza, José Arteiro, que também trabalha como assistente de acusação no julgamento dos acusados de participar do desaparecimento e da morte da ex-modelo. Segundo ele, há um acordo para que o réu revele o que aconteceu com Eliza.

Conforme Arteiro, Macarrão "vai confessar tudo".

— Ele vai confessar a parte dele, a parte do Bruno, a parte do Bola e acabou.

Para o advogado, Macarrão foi "quem levou a mulher para a morte". O acusado também estaria com medo de revelar que Bola foi o responsável pela morte de Eliza.

— Ele está com medo de falar que o Bola matou. Todo mundo tem medo do Bola.

Leia mais notícias no R7 MG

Novo advogado de Bruno pede que processo seja desmembrado

Caseiro viu Bruninho no colo de Bruno junto com Eliza no sítio do jogador

Amigo de Macarrão nega homossexualidade e envolvimento com o tráfico

Confiante, Arteiro diz que Macarrão deverá se retratar do depoimento anterior dele, e que "quem viver, verá" para ver a confissão.

— O Macarrão está muito chateado porque, como ele disse, ele foi jagunço do Bruno, e o Bruno agora não está dando valor pra ele.

Um acordo teria sido feito entre os advogados para que a confissão fosse feita. Em troca das revelações, Macarrão receberia uma pena menor pelos crimes.

Para o outro advogado que trabalha como assistente de acusação, Cidney Mendes, que representa o pai de Eliza, a confissão seria boa para Macarrão. O mesmo, entretanto, não valeria para Bruno.

— Não acredito que o Bruno seria beneficiado por isso [confissão de Macarrão]. Para o Macarrão seria bom, porque ele conseguiria redução da pena como réu confesso. Ele confessaria tudo que tem conhecimento e não só o que participou.

O depoimento de Macarrão pode acontecer ainda hoje (21), caso as últimas cinco ou seis testemunhas de defesa que ainda restam, sejam ouvidas. Caso o júri se prolongue, no entanto, o acusado e Fernanda Gomes, ré do processo, devem prestar esclarecimentos somente amanhã (22).

Tudo que você precisa saber a um clique de distância: nova home do portal R7

 
Veja Relacionados:  macarrão, acordo, confissão, crime, advogado, mãe, eliza, luiz henrique romão, caso bruno, eliza samudio,
macarrão  acordo  confissão  crime  advogado  mãe  eliza  luiz henrique romão  caso bruno  eliza samudio 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS