Minas Gerais

20 de Dezembro de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Mãe de criança morta a pauladas por babá não procurou a polícia

Depoimento pode esclarecer se pai da garota foi conivente com agressões

Enzo Menezes, do R7 MG | 06/01/2013 às 15h39
Publicidade

A mãe da criança morta a pauladas pela namorada do pai em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, no dia 1º de janeiro, ainda não foi encontrada pela polícia. Ela mora em Belo Horizonte e foi à cidade somente para o enterro da filha, mas não procurou a delegacia e nem foi encontrada para prestar depoimento.

Motorista atropela e mata criança de dois anos

A delegada Verônica Zimmerer da Silva, responsável pelo caso, espera ouvi-la para tentar esclarecer como era a relação do pai com a criança, já que o homem pode ter sido conivente com as agressões.

Segundo a polícia, há indícios de que o pai sabia que a filha era agredida pela namorada, Jeane Fernandes Mota, de 20 anos, mas não tomou medidas para evitar os crimes. Em depoimento na última quinta-feira (3), o homem negou saber dos conflitos. A delegada, no entanto, recebeu informações conflitantes e, agora, espera localizar vizinhos e testemunhas para solucionar o caso.

— Não há ainda elementos para ele ser indiciado, mas vizinhos garantem que já o haviam alertado sobre as agressões. Dependemos agora da confirmação de testemunhas para saber se ele se omitiu no caso.

A menina, de 1 ano e sete meses, foi agredida com pauladas pela namorada do pai porque não queria comer mingau. Ela era paga para tomar conta da menina. Jeane está presa e confessou o crime.

 
Veja Relacionados:  teófilo otoni, criança, morta, pai
teófilo otoni  criança  morta  pai 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS