Minas Gerais

1 de Agosto de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Namorado é o principal suspeito de morte de administrador em Bom Despacho

Homem confirmou relacionamento, mas nega ter se encontrado com a vítima no dia de sumiço

Ramon Guerra, do R7 MG | 28/02/2013 às 15h54
Publicidade

Um homem que seria o namorado do administrador de empresas que desapareceu em Bom Despacho, na região centro-oeste de Minas, é o principal suspeito do sumiço, segundo a Polícia Civil. A casa do rapaz, que não teve o nome divulgado, foi alvo de buscas na manhã desta quinta-feira (28).

Conforme o delegado regional de Bom Despacho, Ivan José Lopes, que é o responsável pelas investigações, a entrada na casa do suspeito foi feita com base em um mandado de busca e apreensão, solicitado após testemunhas afirmarem em depoimento que Flávio Assis Luciano, de 35 anos, teria sido visto pela última vez acompanhado do homem. O encontro teria acontecido na terça-feira (19), data do desaparecimento, mas o rapaz, que confirmou manter um relacionamento homossexual com Luciano, negou ter se encontrado com a vítima no dia.

— Ele nos relatou que teve um encontro com o Flávio na segunda-feira (18), e não na terça (19).

No local, os policiais recolheram alguns bilhetes "singelos" que teriam sido trocados entre os dois, e fotografias que serão analisadas com "cautela e detalhe".

Leia mais notícias no R7 MG

Jovem que matou ex-namorada ameaça família e usa Facebook após o crime

Em seguida, os investigadores foram até a casa de um adolescente, de 17 anos, que, conforme mostram as investigações, "era visto frequentemente em companhia da vítima".

— Esse adolescente foi apreendido, está na delegacia, pois, na casa dele, foram encontradas porções de crack e dinheiro incompatível com a situação de sua família.

Ao todo, foram recolhidas seis porções "volumosas" da droga com o garoto, além de R$ 705.

A Polícia Civil trabalha com duas linhas de investigação sobre a morte. A primeira seria a de um crime por motivação passional. A segunda hipótese seria a de um possível envolvimento do administrador com o tráfico de drogas.

Luciano era dono de uma pizzaria, que fechou recentemente por questões financeiras. O carro da vítima foi localizado na zona rural da cidade, com um corpo carbonizado dentro.

A polícia aguarda a conclusão do exame de DNA para confirmar se o corpo era ou não do administrador.

 
Veja Relacionados:  namorado, relacionamento, administrador, bom despacho, vítima, sumiço, relacionamento,
namorado  relacionamento  administrador  bom despacho  vítima  sumiço  relacionamento 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS