Minas Gerais

24 de Outubro de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

PM suspeito de matar mulher e filha está preso em quartel de Belo Horizonte

Justiça decretou a prisão preventiva na tarde desta quinta-feira

Márcia Costanti, do R7 MG | 14/06/2012 às 18h26
Publicidade

O cabo Marco Antônio Alves, suspeito de matar a mulher e a filha se apresentou em um quartel da PM na tarde desta quinta-feira (14) para cumprir o mandado de prisão preventiva expedido pela justiça. As informações foram confirmadas pela Polícia. De acordo com o advogado do PM, o vereador Cabo Júlio, a decisão não tem fundamento processual.

- Nós vamos recorrer da decisão, porque não há motivação para decretar esta prisão preventiva. Ele se apresentou espontaneamente, confessou o crime e tem endereço fixo. Todos estes fatores são atenuantes e mostram que ele não pretende fugir.

O caso:

O policial militar matou a mulher e uma filha de 13 anos por causa de uma conta de telefone que considerou alta demais [o valor era pouco mais de R$ 100]. Descontrolado, cortou o fio do telefone e depois disparou contra a família. O crime aconteceu na noite de domingo (10), em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de BH, no sítio onde a mulher e as filhas moravam, no bairro Primavera. O casal não vivia junto, mas ele sempre ia à casa da mulher e os vizinhos escutavam discussões.

O militar é cabo e trabalha no 34º batalhão da capital há mais de 20 anos.

 

Veja Relacionados:  PM, prisão preventiva
PM  prisão preventiva 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS