Minas Gerais

25 de Outubro de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Polícia conclui que motorista que atingiu casa e matou criança não estava embriagado

José da Silva Júnior, de 35 anos, foi detido em flagrante e continua preso em BH

Juliana Ferreira, do R7 MG | 05/12/2012 às 19h07
Publicidade

A Polícia Civil concluiu que o motorista que atingiu uma casa em Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte, e matou uma criança de oito anos, no último sábado (1), não estava embriagado.

A delegada responsável pelo caso, Sandra Silva, confirmou que José da Silva Júnior, de 35 anos, se submeteu ao teste do bafômetro, que não acusou qualquer presença de álcool no sangue. Logo após a batida, ele tentou fugir do local e se negou a soprar o bafômetro, mas mudou de ideia em seguida.

Leia mais notícias no R7 MG

Ainda de acordo com a delegada, o motorista foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para outros exames que possam indicar embriaguez. Em depoimento, ele alegou que estava em alta velocida pela LMG-808, quando pisou no freio e perdeu o controle da direção, atingindo o imóvel.

Júnior foi detido em flagrante sem direito à fiança. Mesmo assim, seu advogado pode pedir sua liberdade na Justiça. Por enquanto, ele permanece preso no Ceresp São Cristóvão, na capital mineira. O homem não tem antecedentes criminais.

O corpo de Wemerson Nunes Maciel, de oito anos, foi enterrado no Cemitério Novo de Esmeraldas no último domingo (2). Os pais do garoto ficaram feridos e foram internados no Hospital Municipal de Contagem, na Grande BH. Eles tiveram alta no dia do enterro do filho.

 

Tudo que você precisa saber agora está a um clique de distância: nova home do portal R7.

 

 
Veja Relacionados:  motorista, não, embriagado, carro, cai, casa, esmeraldas
motorista  não  embriagado  carro  cai  casa  esmeraldas 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS