Minas Gerais

20 de Setembro de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Polícia recebe nova denúncia contra babá que sacudiu bebê de três meses

Criança ficou internada em estado grave e ainda tem sequelas da agressão

Do R7 MG | 24/02/2013 às 00h30
Publicidade

A Polícia Civil recebeu nova denúncia de maus-tratos praticados pela babá Eliane Vieira dos Santos, de 31 anos, investigada por ter sacudido um bebê de três meses, em junho de 2012, em Belo Horizonte. A criança foi internada em estado grave em um hospital do bairro Santo Agostinho, na região centro-sul da capital, com hemorragia cerebral.

De acordo com o delegado Daniel Toledo, um casal que teria indicado a babá para trabalhar com os pais da criança foram informado pelos filhos que eles também teriam sido agredidos por Eliane.

— Recentemente, os pais das crianças que ela cuidou durante oito anos em Nova Lima me procuraram. Me foi informado que, agora que as crianças cresceram, passaram informações para eles de que ela [Eliane] no final do contrato como babá vinha agredindo essas crianças.

A suspeita foi indiciada por tentativa de homicídio. No entanto, mesmo com o pedido de prisão feito pela polícia, a Justiça decidiu que Eliane responderá ao processo em liberdade.

O caso

O bebê deu entrada no pronto-atendimento com crise convulsiva, apresentando sintomas da Síndrome do Bebê Sacudido, que acontece quando a criança, ainda em fase de formação, é sacolejada por um adulto. Em depoimento à polícia no dia 5 de julho de 2012, Eliane negou as acusações e alegou que a criança tomava suplementos alimentares que poderiam ter desencadeado as crises convulsivas.

 
Veja Relacionados:  babá, bebê, sucudiu, BH
babá  bebê  sucudiu  BH 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS