Minas Gerais

25 de Julho de 2014

Você está em:

Notícias

Notícias

Secretário garante início de obras de emergência no Anel Rodoviário em 2013

Segundo Carlos Melles, serão investidos R$ 10 bilhões em transporte até 2014

Do R7 MG, com Record Minas | 19/12/2012 às 20h15
Publicidade

O Governo de Minas Gerais anunciou, na tarde desta quarta-feira (19), que irá investir R$ 10 bilhões na área de transportes até 2014. O valor é quase cinco vezes maior do que o investido nos anos de 2011 e 2012, que chegou a R$ 2.6 bilhões.

Segundo o Secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, o setor será prioridade do governo para os próximos dois anos.

Leia mais notícias no R7 MG

Acidente no Anel Rodoviário causa mais de 6 km de congestionamento

Bandidos incendeiam ônibus no Anel Rodoviário e complicam trânsito

Conforme Melles, rodovias como a MG-424 e a MG-010 estão na pauta das reformas. Os acessos ao aeroporto de Confins, na Grande BH, também devem ser revitalizados e o governo busca a solução para o "estrangulamento" observado na saída da avenida Cristiano Machado, no encontro com a Linha Verde. 

O secretário garantiu, ainda para 2013, o início de obras emergenciais no Anel Rodoviário. Entretanto, quando questionado sobre outra obra bastante aguardada pelos belo-horizontinos, o metrô, Melles não foi tão otimista. Segundo ele, as novas linhas do transporte coletivo não ficarão prontas antes de 2014.

Tudo que você precisa saber a um clique de distância: nova home do portal R7

 
Veja Relacionados:  início, obras, emergência, anel rodoviário, transporte, secretário, coletiva,
início  obras  emergência  anel rodoviário  transporte  secretário  coletiva 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS